22:31 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)
    240
    Nos siga no

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou nesta quarta-feira (31) "não usar ivermectina" para pacientes com a COVID-19, exceto para ensaios clínicos, de acordo com um comunicado da organização.

    Um grupo de especialistas da OMS analisou dados de estudos clínicos feitos para medir a eficácia da ivermectina contra a COVID-19 e concluiu que o remédio não apresentou resultados definitivos.

    A ivermectina é um medicamento antiparasitário. No Brasil, a medicação é divulgada pelas redes sociais do Conselho Federal de Medicina, e também do presidente Jair Bolsonaro, como uma forma de amenizar os sintomas do coronavírus.

    "Nossa recomendação é não usar ivermectina para pacientes com a COVID-19, independentemente do nível de gravidade ou duração dos sintomas", disse Janet Díaz, chefe da equipe de resposta clínica ante a COVID-19 da agência da ONU.

    Os especialistas da OMS chegaram às conclusões após 16 ensaios clínicos randomizados com 2.400 participantes. Alguns desses ensaios clínicos compararam a ivermectina com outras drogas, escreve a AFP.

    ​A recomendação da OMS junta-se à da Agência Europeia de Medicamentos e do FAD (Food and Drug Administration, nos EUA). No momento, as três entidades entendem que o medicamento não é eficaz contra o coronavírus.

    A ivermectina é utilizada com frequência em alguns países da América Latina, principalmente no Brasil. No combate ao vírus, ela compartilha algumas características da hidroxicloroquina, que é defendida por alguns médicos e personalidades políticas. 

    Organização Mundial da Saúde (OMS) excluiu a cloroquina da lista de opções em análise para o tratamento da COVID-19
    © Folhapress / Dirceu Portugal /Fotoarena
    Organização Mundial da Saúde (OMS) excluiu a cloroquina da lista de opções em análise para o tratamento da COVID-19

    Tema:
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)

    Mais:

    Teoria sobre vírus vazado de laboratório é descartada em relatório de cientistas chineses e da OMS
    Vacina da AstraZeneca tem 'perfil risco-benefício positivo', dizem especialistas da OMS
    OMS conclui que COVID-19 saltou de morcegos para humanos através de outro animal
    Tags:
    pacientes, medicação, pandemia, COVID-19, OMS
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar