11:27 13 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de março de 2021 (83)
    0 80
    Nos siga no

    Uma análise realizada no cordão umbilical de um recém-nascido mostrou que a criança, filha de mãe que foi vacinada contra a COVID-19, tinha anticorpos para o novo coronavírus.

    Uma profissional de saúde residente no estado norte-americano da Flórida, que foi vacinada contra a COVID-19 com uma dose do imunizante da Moderna quando tinha 36 semanas de gravidez, deu à luz um bebê com anticorpos do vírus SARS-CoV-2.

    "Testamos o cordão umbilical do bebê para ver se os anticorpos da mãe passaram para o bebê, o que é algo que vemos acontecer com outras vacinas administradas durante a gravidez […]. Até onde sabemos, este é o primeiro registro no mundo do nascimento de um bebê com anticorpos [para a COVID-19] após a vacinação [da mãe]", afirmou o pediatra Paul Gilbert ao jornal The Independent.

    Paul Gilbert e Chad Rudnick, também pediatra, escreveram um artigo sobre a descoberta, que ainda não foi revisto pelos pares, mas está disponível no site de pré-impressão medRxiv.

    "Este é só um pequeno caso do que serão milhares e milhares de bebês nascidos nos próximos meses de mães que foram imunizadas […]. São necessários mais para determinar quanto tempo essa proteção vai durar. É preciso estabelecer que nível de proteção ou quantos anticorpos um bebê precisa ter circulando para dar-lhes proteção", disse Rudnick.

    A dupla afirmou que a comunidade científica ainda está aprendendo sobre como a vacina interage com mulheres grávidas. Recentemente, algumas empresas farmacêuticas começaram a incluir mulheres grávidas em seus estudos da vacina, exatamente para entenderem mais sobre a transmissão de anticorpos para os bebês.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de março de 2021 (83)

    Mais:

    Adeus, teste anal? Cientistas sugerem novo exame para COVID-19 usando material da pele
    Cientistas criam vírus virtual com comportamento idêntico ao da COVID-19
    Bolsonaro muda de ideia e decide se vacinar contra a COVID-19, diz site
    'Funciona incrivelmente bem': Trump encoraja aqueles em dúvida a tomarem vacina contra COVID-19
    Tags:
    parto, vacinação, vacina, EUA, Flórida, pandemia, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar