03:37 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    Cientistas turcos e norte-americanos trabalham em conjunto por trás da missão do rover Perseverance da NASA e pesquisam sedimentos já encontrados na cratera marciana de Jezero com os obtidos no lago Salda, na Turquia.

    Enquanto a NASA explora a superfície de Marte com o rover Perseverance, os cientistas na Terra usam dados coletados em uma missão em um lago no sudoeste da Turquia. A agência diz que os minerais e os depósitos de rocha no lago Salda são os exemplares mais próximos que temos no nosso planeta comparáveis aos sedimentos ao redor da cratera marciana de Jezero, onde a espaçonave pousou no mês passado e que pode já ter sido inundada com água.

    As informações coletadas no Salda podem ajudar os cientistas na busca por vestígios fossilizados de vida microbiana preservados em sedimentos, que se acredita terem sido depositados ao redor do delta e do lago que um dia alimentou. Os cientistas acreditam que os sedimentos ao redor do lago erodiram de grandes montes que se formaram com a ajuda de micróbios e são conhecidos como microbialitos.

    Microbialitos em rochas do Lago Salda, na Turquia
    © Foto / NASA/JPL-Caltech
    Microbialitos em rochas do Lago Salda, na Turquia
    "Salda servirá como um poderoso análogo no qual podemos aprender e interrogar", disse Thomas Zurbuchen, administrador associado da NASA para a ciência, à Reuters.
    Pesquisas nas margens do lago já são realizadas desde 2019 por equipes de cientistas planetários norte-americanos e turcos. O Salda tem oito quilômetros de comprimento e é considerado as "Maldivas" da Turquia, por causa de suas águas azuis e margens brancas.

    Enquanto isso, os estudos por trás da missão do rover Perseverance tentam descobrir se há microbialitos na cratera marciana de Jezero. Eles também vão comparar os sedimentos da praia de Salda com minerais carbonáticos - formados a partir de dióxido de carbono e água, um ingrediente chave para a vida - já detectados nas margens da Jezero.

    "Quando encontramos algo no Perseverance, podemos voltar a olhar para o lago Salda para realmente observar os dois processos, suas semelhanças, mas igualmente importantes diferenças que estão realmente entre o Perseverance e o lago Salda", disse Zurbuchen.

    Amostras de rocha perfuradas em solo marciano devem ser mantidas na superfície para eventual recuperação e transporte à Terra por duas futuras missões robóticas previstas em 2031.

    Mais:

    Detalhes de Vênus: sonda solar Parker da NASA capta imagem única do planeta (FOTO)
    'O que NASA está escondendo?', questiona ufólogo sobre recente exploração de Marte
    Asteroides 'desajustados' farão aproximação à Terra nos próximos dias, relata NASA
    Primeiros passos: robô da NASA faz 1º passeio em Marte (FOTOS)
    Tags:
    pesquisa, Marte, NASA, Turquia, lago
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar