15:43 25 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Recentemente, os paleontólogos descobriram a menor pegada do mundo de estegossauro, na China.

    O fóssil, que mede apenas 5,7 centímetros de comprimento, pode ser de um estegossauro jovem, que viveu durante o Cretáceo Inferior no distrito de Orku, na China, segundo o jornal Global Times.

    "A pegada do filhote descoberta agora pode ajudar a restaurar o tamanho de um jovem estegossauro e saber mais sobre o processo de desenvolvimento dos estegossauros", afirmou Wang, um dos pesquisadores.

    A descoberta é importante para a compreensão da diversidade da fauna de dinossauros no Cretáceo Inferior na região, ressaltou Liu Chang, correspondente da Universidade de Geociências da China.

    Liu acredita que os jovens estegossauros viviam em ninhos ou locais relativamente seguros até seu crescimento até o tamanho adulto.

    O estegossauro é um dinossauro herbívoro que viveu ao longo do Jurássico Superior e Cretáceo Inferior.

    Os especialistas também acreditam ter encontrado um grande número de rastros de dinossauros carnívoros, estegossauros, pterossauros e testudinídeos, indicando que a região foi uma terra de plantas abundantes com muitas atividades animais no Cretáceo Inferior.

    Mais:

    Fóssil de psitacossauro mostra como dinossauros faziam necessidades e copulavam (FOTO)
    Restos de dinossauros de 140 milhões de anos são descobertos na Argentina (FOTOS)
    Fósseis de dinossauro na Argentina poderiam pertencer ao maior animal da história da Terra (VÍDEO)
    Tags:
    arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, espécies, dinossauro, China, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar