20:19 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    4263
    Nos siga no

    O rover Perseverance da NASA pousou em Marte nesta quinta-feira (18), após realizar uma descida que a agência espacial norte-americana denominou de "sete minutos de terror". Agora o aparelho vai iniciar a busca por sinais de vida no Planeta Vermelho.

    O robô enviou suas primeiras imagens coloridas de Marte, mostrando uma paisagem de terreno estéril e formações misteriosas de rochas.

    Após uma jornada de quase 480 milhões de quilômetros viajados no espaço, o aparelho, que pesa pouco mais de uma tonelada e tem o mesmo tamanho de um carro grande, pousou na cratera Jezero, que é considerada um dos locais mais perigosos escolhidos pela NASA até agora, sendo que está cheia de rochas, penhascos e pedregulhos.

    Uma das imagens compartilhadas em sua conta no Twitter mostra uma paisagem árida e empoeirada e a sombra do rover vista no solo.

    Fotografias tiradas pelo rover Perseverance da NASA, que aterrissou em Marte em 18 de fevereiro na cratera Jezero
    Fotografias tiradas pelo rover Perseverance da NASA, que aterrissou em Marte em 18 de fevereiro na cratera Jezero

    Outra imagem tirada pelo Perseverance exibe o que parecem ser rochas em uma paisagem amarelada ao lado de uma das rodas do veículo.

    Na descrição desta imagem o rover escreveu: "Eu amo rochas. Olhe para estas mesmo ao lado de minha roda. Elas são vulcânicas ou sedimentares?"

    Já a última imagem mostra o rover suspenso no ar poucos instantes antes de sua aterrissagem.

    Fotografias tiradas pelo rover Perseverance da NASA, que aterrissou em Marte em 18 de fevereiro na cratera Jezero
    Fotografias tiradas pelo rover Perseverance da NASA, que aterrissou em Marte em 18 de fevereiro na cratera Jezero
    A bordo Perseverance tem um dispositivo experimental para obtenção de oxigênio da atmosfera de Marte, bem como um "helicóptero espacial" que voará pela primeira vez noutro planeta.

    Os cientistas acreditam que, sendo a cratera um antigo lago, ela pode conter restos de micróbios mortos há muito tempo, no passado remoto em que Marte era um planeta úmido.

    Mais:

    Algas podem ser a chave para sustentar presença humana em Marte, dizem cientistas
    FOTO da superfície marciana revela minerais formados quando o planeta estava coberto de água
    Sonda dos EAU entra na órbita de Marte na 1ª missão árabe ao planeta (VÍDEO)
    Tags:
    missão espacial, sonda espacial, Sistema Solar, Marte, Planeta Vermelho
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar