22:34 25 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Arqueólogos encontraram uma plataforma de mármore cercada por fontes de água, onde o imperador e seus convidados tinham seus majestosos jantares.

    Uma nova pesquisa feita no complexo de prédios projetado pelo imperador Adriano para ser a "cidade ideal", ao longo do século II, revelou uma nova construção, que ainda não era conhecida.

    Nesta nova construção, havia uma "sala de jantar" romana. As ruínas foram identificadas por pesquisadores da Universidade Pablo de Olavide, em Sevilha.

    Sala de jantar do imperador romano Adriano descoberta em Tivoli, Itália
    "Sala de jantar" do imperador romano Adriano descoberta em Tivoli, Itália

    A "cidade ideal" de Adriano possuía bibliotecas, jardins, teatros, uma reprodução do Templo de Afrodite e um palácio.

    A plataforma da construção descoberta era feita de mármore e ficava próxima de fontes d'água e de uma piscina, onde o imperador Adriano, sua esposa e seus convidados comiam e bebiam, afirma Rafael Hidalgo Prieto, principal arqueólogo do projeto.

    "Em todo o mundo romano não há nada igual. O imperador queria mostrar coisas que impressionassem os visitantes, algo que não havia sido visto em nenhum outro lugar do mundo e que só existia na Villa Adriana", afirmou durante entrevista à ABC.

    Adriano foi o terceiro imperador romano, da dinastia dos Antoninos, tendo governado entre os anos 117 e 138 d.C., marcando o apogeu do Império Romano.

    Mais:

    Suposto sarcófago do imperador Rômulo é encontrado no Foro Romano (FOTOS)
    Inteligência artificial 'ressuscita' 54 imperadores romanos (FOTOS)
    Detectorista de laser encontra lingote romano de 63 quilos do imperador Nero no Reino Unido (FOTOS)
    Tags:
    arqueologia, cidade, prédio, Imperador romano, descoberta, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar