04:09 14 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    170
    Nos siga no

    Uma impressionante imagem da superfície marciana mostra minerais que teriam sido formados quando o planeta estava coberto d'água.

    Neste domingo (14), a agência espacial russa, Roscosmos, publicou uma nova foto da superfície do Planeta Vermelho.

    A imagem foi registrada no dia 19 de outubro pelo módulo de investigação da atmosfera Trace Gas Orbiter da missão conjunta russo-europeia ExoMars.

    A foto mostra uma área de cinco por dez quilômetros, a algumas centenas de quilômetros ao norte da planície de Hélade, no hemisfério sul de Marte.

    Imagem registrada da cratera na superfície de Marte
    Imagem registrada da cratera na superfície de Marte

    Nela é possível observar a borda de uma cratera, de 12 quilômetros de diâmetro, com uma grande diversidade de cores.

    A diversidade de tons indica a presença de diferentes minerais. Em particular, as manchas claras sugerem o afloramento de camadas geológicas antigas formadas quando o planeta estava coberto d'água.

    "Além disso, são claramente visíveis aqui os depósitos de areia levados pelo vento, que criam 'ondas' no fundo da cratera. Seu característico tom marrom avermelhado indica a presença de óxido de ferro", detalha a agência.

    A sonda de exploração de Marte ExoMars chegou ao Planeta Vermelho em 2016, um projeto em cooperação com a agência espacial russa.

    Recentemente, foi informado que a sonda detectou pela primeira vez cloreto de hidrogênio na atmosfera marciana, proporcionando importantes pistas sobre a evolução do clima do planeta.

    Mais:

    Sonda espacial captura imagens cintilantes de Vênus, Terra e Marte juntos (VÍDEO)
    NASA mostra como 'cratera do rosto feliz' na superfície de Marte mudou em 9 anos (FOTO)
    Há 3 bilhões de anos, Marte tinha clima parecido com o da Islândia, diz estudo
    Tags:
    estudo, planetas, planeta, recursos minerais, minerais, Marte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar