01:36 07 Março 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 110
    Nos siga no

    Os frascos, decorados em Atenas há 2.600 anos, eram utilizados ​​para armazenar óleo e perfume, e foram descobertos durante escavações na Turquia.

    O Museu Arqueológico de Izmir, na Turquia, está exibindo os frascos como parte de seu projeto "Você Verá O Que Não Pôde Ver", em uma mostra que acontece até o final de fevereiro, segundo o Daily Sabah.

    Os frascos são vasos gregos antigos confeccionados através de um método conhecido como "cerâmica com figuras vermelhas". Eles eram usados ​​para armazenar óleo e perfume, e foram decorados em Atenas há 2.600 anos. Esses vasos, gravados com figuras elegantes de mulheres atenienses, cisnes e seres mitológicos, foram descobertos pelo museu durante escavações recentes no distrito de Seferihisar em Izmir e na antiga cidade de Neonteikhos em Menemen.

    ​O Museu Arqueológico de Izmir exibe frascos de perfume da Grécia antiga gravados com mulheres atenienses, cisnes e seres mitológicos até o final de fevereiro.

    Acredita-se que esses recipientes históricos, que conservavam perfumes e óleos aromáticos obtidos de flores, podem ter chegado a Izmir e seus arredores por volta do século V ou VI a.C.. Eles eram usados ​​por mulheres da elite e foram enterrados com elas após sua morte.

    Hunkar Keser, diretor do museu, notou que os artefatos podem ter sido trazidos para a região por um comerciante abastado como souvenirs ou para serem vendidos no porto.

    “[...] Esses frascos foram importados em recipientes menores, pois continham perfumes muito valiosos e óleos aromáticos. Nestes recipientes foi aplicada a técnica de pintura preta sobre cerâmica vermelha. Os pintores produziram figuras que estavam notavelmente em sintonia com a anatomia e cor da pele humana e tanto figuras mitológicas quanto questões cotidianas foram retratadas nas garrafas", disse Keser citado pela mídia.

    Os frascos são a prova do interesse das pessoas por perfumes desde os tempos antigos, ao comprovar tal ideia não só por sua existência, mas também pelo fato de terem sido trazidos de terras distantes.

    O diretor afirmou que existem muito poucos artefatos de figuras vermelhas que sobreviveram até os dias atuais. "Os aromas preciosos são muito raros e o trabalho de um artista que viveu nos tempos antigos não tem preço", acrescentou.

    Mais:

    FOTOS mostram 8 antigas tumbas descobertas na Grécia
    Arqueólogos descobrem milhares de antigos artefatos do período romano na Grécia (FOTOS)
    Eventos na Grécia Antiga podem ter ocorrido muito mais cedo do que se imaginava
    Tags:
    perfume, Grécia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar