06:42 22 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 251
    Nos siga no

    A nave espacial chinesa Tianwen-1, que com outras missões espaciais ao Planeta Vermelho, carrega um rover, atingiu a órbita de Marte, e deverá pousar em maio de 2021.

    A sonda chinesa Tianwen-1 entrou com êxito na órbita de Marte, após ser lançada em julho de 2020 e percorrer milhões de quilômetros para chegar lá, anunciou a Agência Espacial da China.

    "Às 19h52 [horário local, e 08h52, horário de Brasília] de 10 de fevereiro de 2021, a sonda Tianwen-1 da China na primeira missão de exploração de Marte do país [...] entrou com sucesso em uma órbita oval de Marte em uma altura de cerca de 400 quilômetros, um tempo de ciclo de cerca de dez dias terrestres e uma inclinação de dez graus", disse a organização, segundo citada pela Rádio Nacional da China.

    A sonda, a primeira lançada pelo país asiático a Marte, permanecerá em órbita até maio de 2021. Se a Tianwen-1 pousar com sucesso, a China será o segundo país, depois dos EUA, a pousar um rover no Planeta Vermelho, o que é planejado que aconteça na Utopia Planitia, uma vasta planície localizada no hemisfério norte marciano. O rover de 250 quilos deverá então explorar a superfície e estudar as estruturas geológica, ambiental e atmosférica marcianas por um período de pelo menos 90 dias.

    Sonda Tianwen-1 a caminho de Marte, 16 de dezembro de 2020
    © AP Photo / Administração Espacial Nacional da China
    Sonda Tianwen-1 a caminho de Marte, 16 de dezembro de 2020

    No sábado (6), a sonda Tianwen-1 tirou sua primeira foto de Marte.

    Na terça-feira (9) a órbita de Marte já foi visitada pela sonda Hope dos Emirados Árabes Unidos. Além disso, em 18 de janeiro deverá pousar com seu próprio rover a Perseverance dos EUA, informa o jornal The Guardian.

    Todas as naves espaciais partilham o objetivo de estudar o solo marciano, de forma a que futuras missões possam levar à Terra amostras úteis para os cientistas.

    Mais:

    Enormes recursos de gelo subterrâneo em Marte são mapeados pela 1ª vez
    Sonda espacial captura imagens cintilantes de Vênus, Terra e Marte juntos (VÍDEO)
    Após anos de tentativa, sonda da NASA falha em perfurar solo super-resistente de Marte (VÍDEO)
    Tags:
    Marte, China, Emirados Árabes Unidos, Agência Espacial Chinesa, agência espacial, The Guardian
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar