06:20 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Situação mundial da COVID-19 no início de fevereiro de 2021 (80)
    0 51
    Nos siga no

    Especialistas alertam que mutação do coronavírus detectada em Jalisco, México, pode tornar as vacinas atualmente disponíveis menos eficazes devido ao seu potencial de transmissibilidade.

    O cientista Ravi Gupta, professor de Microbiologia da Universidade de Cambridge, alertou em entrevista ao jornal mexicano Milenio que a cepa mexicana das mutações do coronavírus que foram registradas no México pode ser a mais preocupante de todas as registradas até o momento pelos especialistas.

    Para Gupta, a variante mexicana E484K é "a mais preocupante de todas, mais do que a variante britânica e as detectadas na África do Sul e no Brasil, porque está intimamente relacionada à resposta imune e pode tornar as vacinas atuais menos eficazes", explica o professor.

    As cepas observadas no Reino Unido, Brasil e África do Sul têm em comum uma mutação chamada N501Y, localizada na proteína S do coronavírus, o que explica sua maior transmissibilidade em comparação ao vírus original. Mas, de acordo com o cientista, a mutação N501Y não apresenta alterações no sistema de imunidade, como acontece com a E484K, cujos casos descobertos até agora são chamados Casos Jalisco.

    A mutação do SARS-CoV-2 originada em Jalisco foi descoberta há uma semana em amostras de quatro moradores locais por pesquisadores do Laboratório de Diagnóstico de Doenças Emergentes e Reemergentes (LaDEER, na sigla em espanhol) da Universidade de Guadalajara.

    Como parte dos estudos sobre a nova variante do vírus e a estratégia adotada, o LaDEER está aplicando exames PCR e testes sorológicos gratuitos em pacientes com sintomas do coronavírus.

    Tema:
    Situação mundial da COVID-19 no início de fevereiro de 2021 (80)

    Mais:

    Nomeado fator que aumenta risco de morte por COVID-19 em 9 vezes
    Criada substância que permite reduzir 10 vezes dose das vacinas contra COVID-19
    Cientistas descobrem vírus que evolui dependendo de condições climáticas para defender hospedeiro
    COVID-19: 'Existem cerca de 4.000 variantes' do vírus, afirma ministro britânico
    Tags:
    eficácia, vacina, risco, transmissão, Jalisco, México, México, mutação, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar