02:42 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 61
    Nos siga no

    Mistérios em torno do famoso círculo de pedras ganham novas pistas sobre sua origem por causa da descoberta de sepulturas da Idade do Bronze e cerâmica neolítica perto do local onde será construído um novo túnel rodoviário.

    Novos itens descobertos perto da futura obra de túnel rodoviário, a cerca de 260 km do monumento Stonehenge, no Reino Unido, podem lançar luz sobre quem foram os responsáveis por levantar o misterioso círculo de pedras. As primeiras descobertas incluem vários túmulos que datam da Idade do Bronze, bem como duas sepulturas do povo Beaker, que chegou à Grã-Bretanha por volta de 4,5 mil anos atrás, depois que Stonehenge foi erguido no final do período neolítico, cerca de 5 mil anos atrás.

    Até agora não se pode afirmar quem teria construído Stonehenge, nem como, mas os pesquisadores acreditam que os objetos achados durante as escavações em andamento podem revelar hábitos dos povos que viviam na região naquele tempo. Futuramente, tais descobertas podem ajudar a desvendar as teorias da origem do círculo.

    A Wessex Arqueologia está conduzindo centenas de escavações experimentais ao redor do local para garantir que as obras, com início previsto para 2023, não destruam nenhum item arqueológico.

    Equipe de arqueólogos descobriu um arranjo incomum de valas em forma de C, descobertas podem ajudar a determinar detalhes sobre Stonehenge
    Equipe de arqueólogos descobriu um arranjo incomum de valas em forma de C, descobertas podem ajudar a determinar detalhes sobre Stonehenge
    "Nós encontramos muita coisa – evidências sobre as pessoas que viveram neste cenário por milênios, vestígios da vida cotidiana e morte das pessoas, coisas íntimas", disse Matt Leivers, arqueólogo consultor da obra e membro da Wessex Arqueologia, ao The Guardian.

    A suspeita dos arqueólogos é que os objetos do período neolítico encontrados, incluindo partes de cerâmicas, pederneiras e chifres de veado, possam ter sido deixados pelas mesmas pessoas que construíram o monumento.

    "Cada detalhe nos permite descobrir o que estava acontecendo naquele cenário antes e depois da construção de Stonehenge. Cada peça traz a esse quadro um pouco mais de foco."

    Nas sepulturas, que os pesquisadores afirmam ser restos de ossos de um jovem e de um bebê, também foi encontrado um pote simples, que pode ter pertencido ao povo Beaker. A simplicidade provavelmente reflete a idade da pessoa que foi enterrada ali, acreditam os especialistas, já que a cultura Beaker é conhecida por seus itens ornamentados.

    As primeiras descobertas incluem túmulos do povo Beaker, que datam do Neolítico
    As primeiras descobertas incluem túmulos do povo Beaker, que datam do Neolítico

    Mais ao sul, a equipe de arqueólogos descobriu valas em forma de C. "É um estranho padrão de valas", disse Leivers ao The Guardian.

    "É difícil dizer o que era, mas sabemos quantos anos tem porque encontramos um pote quase completo da Idade do Bronze em uma das valas."

    Ambientalistas, arqueólogos e druidas ficaram indignados com os planos da obra do túnel, revelados pela primeira vez em 2017, e tentaram impedir as obras na Justiça. A empresa Highways England diz que seu plano é construir um túnel com dupla faixa de rodagem para retirar a vista e ruído do tráfego que passa ao lado do monumento e reduzir o tempo de viagem em comparação à rodovia A303 existente.

    Mais:

    Escavações revelam antigo 'fast-food' romano intacto em Pompeia (FOTOS, VÍDEO)
    Descoberto 'Stonehenge de madeira' de 4.500 anos em Portugal
    Manifestantes fecham Stonehenge em protesto contra túnel no Reino Unido
    Cientistas descobrem segredo de 'primo' alemão de Stonehenge (FOTO)
    Tags:
    origem, Reino Unido, túnel, escavação, obras, Stonehenge
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar