02:17 14 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 40
    Nos siga no

    Cosmonauta compartilhou um vídeo que mostra o satélite natural sendo engolido pela escuridão em raro efeito óptico observado a partir da Estação Espacial Internacional.

    A vida no espaço pode proporcionar experiências totalmente incomuns e fascinantes. O cosmonauta Sergei Kud-Sverchkov compartilhou um vídeo, nesta terça-feira (3), em que o ocaso da Lua pôde ser observado de uma das janelas da Estação Espacial Internacional.

    As imagens mostram o satélite natural desaparecendo gradualmente até ser completamente engolido pela escuridão em seu redor. Kud-Sverchkov disse que "o horizonte da Terra não é visto, tudo acontece de noite". Ele detalha que sua posição em órbita concede uma nova e única perspectiva para assistir a alguns fenômenos como este, que também é conhecido por "Lua esmagada", que ocorre devido a um raro efeito óptico.

    "Tenho certeza de que muitas pessoas farão imediatamente uma pergunta razoável: 'Por que a Lua está tão achatada? E para onde ela foi?' A resposta é bastante simples – antes de a Lua desaparecer no horizonte, sua luz refletida passa através da atmosfera da Terra, por isso parece distorcida […] Portanto, parece que a Lua magicamente 'se dissolve no ar'", explicou o cosmonauta russo em sua postagem.

    Mais:

    Rússia enviará cosmonautas para realizar 1º voo ao redor da Lua em 2028
    NASA testa supermotores para foguetes destinados a missão à Lua mas ensaio corre mal (VÍDEO)
    Astrônomos conseguem calcular profundidade de maior mar da lua Titã, de Saturno
    Pentágono poderia proteger bases dos EUA na Lua contra 'ameaças', diz WSJ
    Tags:
    espaço, satélite, Estação Espacial Internacional, Lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar