20:56 11 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    Novo estudo sugere que as primeiras pessoas que se estabeleceram nas Américas, cerca de 15.000 anos atrás, viajaram do nordeste da Ásia e levaram consigo seus companheiros caninos.

    Uma equipe internacional de pesquisadores examinou registros genéticos e arqueológicos de pessoas e cães antigos e descobriu que ambos viajaram juntos para oeste, Eurásia adentro, e depois para o leste, para as Américas.

    Os resultados do estudo sugerem também que a domesticação de caninos ocorreu pela primeira vez na Sibéria, há aproximadamente 23.000 anos, e pode ter sido resultado das condições climáticas adversas da região.

    O clima da região que liga o Canadá à Rússia e da maior parte da Sibéria era extremamente frio e isso pode ter forçado os humanos e lobos a se aproximarem, uma vez que caçavam praticamente o mesmo tipo de animais, o que teria desencadeado uma relação entre ambos.

    "Anteriormente pesquisadores sugeriam que os cachorros foram domesticados por toda a Eurásia, da Europa até à China e em muitos outros lugares entre [uma e outra]", disse Greger Larson, professor da Universidade de Oxford e coautor do estudo.

    Domesticação de lobo
    © CC0
    Domesticação de lobo
    "As evidências combinadas de humanos e cachorros antigos estão ajudando a apurar nosso conhecimento da história profunda dos cães e agora apontam para a Sibéria e nordeste da Ásia como uma provável região onde a domesticação foi iniciada", comentou.

    Inúmeros estudos pesquisaram a história do melhor amigo do homem, tendo alguns dos trabalhos sugerido que os humanos domesticaram animais selvagens pela primeira vez entre 20 mil e 40 mil anos atrás.

    No entanto, o recente estudo liderado pela arqueóloga Angela Perri da Universidade de Durham, Reino Unido, concentra-se na pesquisa das origens dos cães de estimação, escreve Daily Mail.

    A equipe analisou registros genéticos e arqueológicos de pessoas e cães antigos que revelaram que as primeiras pessoas que viajaram do nordeste da Ásia para as Américas, cerca de 15.000 anos atrás, levaram os cães de estimação consigo. Segundo cientistas, esta descoberta sugere que a domesticação de cachorros ocorreu na Sibéria há mais de 23.000 anos.

    Dados apontam que as primeiras pessoas que poderiam ter domesticado lobos, alimentando-os com sobras, seriam povos indígenas do norte da Sibéria.

    Mais:

    Múmia de loba de 56 mil anos é encontrada em perfeito estado de conservação no Canadá
    Arqueólogos revelam restos mortais de cachorro de 8.400 anos descoberto na Suécia (FOTOS)
    Descobrem na França sepultamento excepcional de criança e cachorro de 2.000 anos (FOTOS)
    Tags:
    pré-histórico, povos indígenas, Canadá, Sibéria, bicho de estimação, cachorros
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar