01:54 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    Em pleno centro da cidade de Jerusalém, foi desenterrada uma granada de mão britânica da Primeira Guerra Mundial.

    O artefato perigoso foi descoberto em uma antiga cisterna por Oscar Becherno, responsável pela escavação arqueológica em nome da Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA, na sigla em inglês).

    "Esta é uma granada de mão Mills 23, que foi usada pelo Exército britânico na Primeira Guerra Mundial", explicou Assaf Peretz, especialista em armas modernas da IAA.

    "Aparentemente, a granada já tinha sido encontrada no passado e foi atirada por alguma pessoa em uma cisterna, a fim de enterrá-la e eliminar o perigo na área", disse o especialista.

    Na véspera da Primeira Guerra Mundial, Jerusalém fazia parte do Império Otomano. A cidade e as terras de Israel foram conquistadas pelos britânicos entre 1917-1918, e ficaram sob seu domínio no final do conflito, escreve The Jerusalem Post.

    A granada foi encontrada durante obras de aperfeiçoamento de um parque realizadas em Jerusalém.

    Mais:

    Marinha dos EUA está desenvolvendo minas para 'deter' drones nucleares russos Poseidon, diz mídia
    Exército da Rússia recebe novo sistema de implantação de minas com munições programáveis
    Marinha Real britânica detona mina alemã da 2ª Guerra Mundial ao largo da costa escocesa (VÍDEO)
    Tags:
    Exército britânico, arqueologia, Israel, Jerusalém, Primeira Guerra Mundial, granada
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar