02:21 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    0 90
    Nos siga no

    Dermatologistas britânicos determinam três sintomas da COVID-19 na pele

    Dermatologistas do Reino Unido revelaram três sintomas do novo coronavírus que surgem na pele, segundo informou o tabloide Daily Express.

    "Nosso estudo mostra que erupção cutânea pode ser um sintoma mais característico da COVID-19, do que febre e tosse", afirmou a dermatologista Veronique Bataille.

    Primeiramente, é preciso prestar atenção se há erupções cutâneas pelo corpo, que podem surgir de maneiras diferentes. Pacientes infectados pela COVID-19 relatam erupções cutâneas parecidas com urticária, catapora ou até bolhas que causam coceira e podem perdurar por dias ou até semanas.

    Alguns infectados apresentam um sintoma muito específico da COVID-19, que são marcas como queimaduras de frio nas mãos e nas pernas. Nos dedos podem surgir galos dolorosos, que são avermelhados ou arroxeados. Camadas superiores da pele podem escamar.

    Outro sintoma do novo coronavírus corresponde a lábios extremamente secos que podem causar rachaduras pequenas e dolorosas. Especialistas destacam que, normalmente, os pacientes apresentam este sintoma quando se aproximam da recuperação.

    Brasil já registrou 8.697.368 casos, 214.147 mortes e 7.673.092 pacientes recuperados da COVID-19. No mundo há 97.645.892 casos confirmados, 2.094.191 óbitos e 53.866.741 pacientes recuperados do coronavírus.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    Detalhado sem precedentes: cientistas austríacos 'retratam' coronavírus em 3D (VÍDEO)
    China pede revisão de relatórios da OMS que indicam seu atraso na resposta inicial à COVID-19
    Nova cepa sul-africana do SARS-CoV-2 é mais contagiosa do que a original
    Novo aparelho é capaz de medir contagiosidade de novas cepas do coronavírus
    Tags:
    pele, vírus, sintomas, novo coronavírus, pandemia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar