12:20 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 110
    Nos siga no

    Escavações arqueológicas conduzidas em um enorme cemitério anglo-saxão no condado de Northamptonshire, no Reino Unido, revelaram milhares de artefatos. Há broches, contas, armas, objetos têxteis e muito mais itens.

    Especialistas do Museu de Arqueologia de Londres (MOLA, na sigla em inglês) descobriram o cemitério em Overstone Gate enquanto a área de 15 hectares estava sendo preparada para construção.

    Em um ano, a equipe identificou 154 túmulos anglo-saxônicos, de onde foram recuperados aproximadamente três mil artefatos: cerca de duas mil contas, 150 broches, 75 pulseiras, 15 anéis e 15 correntes para chaves.

    "Sítio arqueológico Overstone Leys inclui o maior cemitério anglo-saxão já encontrado em Northamptonshire", afirmou Simon Markus, gerente de projetos do MOLA.

    Além do mais, arqueólogos desenterraram pentes de osso, armas, incluindo 40 facas e 25 lanças. A equipe encontrou até peças de tecido endurecidas por passarem muito tempo ao lado de artefatos metálicos, aponta Daily Mail.

    • Broche encontrado por arqueólogos em um antigo cemitério em Northamptonshire, no Reino Unido
      Broche encontrado por arqueólogos em um antigo cemitério em Northamptonshire, no Reino Unido
      © Foto / MOLA
    • Escavações arqueológicas em antigo cemitério em Northamptonshire, no Reino Unido
      Escavações arqueológicas em antigo cemitério em Northamptonshire, no Reino Unido
      © Foto / MOLA
    • Broche encontrado por arqueólogos em um antigo cemitério em Northamptonshire, no Reino Unido
      Broche encontrado por arqueólogos em um antigo cemitério em Northamptonshire, no Reino Unido
      © Foto / MOLA
    1 / 3
    © Foto / MOLA
    Broche encontrado por arqueólogos em um antigo cemitério em Northamptonshire, no Reino Unido

    Ao lado do cemitério, arqueólogos revelaram um assentamento anglo-saxão composto por 22 estruturas, e outros 20 edifícios do mesmo período espalhados pelo local.

    "É raro encontrar um assentamento anglo-saxão e um cemitério em uma única escavação", explicou.

    "Escavações nos ajudarão a entender melhor como viviam as pessoas tanto no período anglo-saxão, cerca de 1.500 anos atrás, bem como na Idade do Bronze, quase 4.000 anos atrás", concluiu especialista.

    Mais:

    Descobrem na França sepultamento excepcional de criança e cachorro de 2.000 anos (FOTOS)
    Achado 'fascinante': templo de Afrodite de 2.500 anos é descoberto na Turquia (FOTOS)
    Inscrição grega de 1.500 anos mencionando Jesus é encontrada no norte de Israel (FOTOS)
    Tags:
    Reino Unido, medieval, assentamento, sítio arqueológico, cemitério, Idade de Bronze, escavação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar