01:04 07 Março 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    As duas misteriosas galáxias foram descobertas por uma equipe de astrônomos, com a ajuda do rádio telescópio MeerKAT.

    As galáxias, aproximadamente 62 vezes maiores que nossa Via Láctea, também são conhecidas como objetos únicos no Universo.

    "Com base em nosso conhecimento atual da densidade das gigantescas radiogaláxias no céu, a probabilidade de encontrar duas delas nesta região é extremamente pequena", afirmou a doutora Jacinta Delhaize, uma pesquisadora da Universidade de Cape Town e líder do estudo, publicado pela Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

    As radiogaláxias têm aproximadamente 22 vezes o tamanho da Via Láctea, e mais de 2,28 milhões de anos-luz de comprimento.

    Duas radiogaláxias gigantes encontradas pelo telescópio MeerKAT
    © CC BY 4.0 / I. Heywood (Oxford / Rhodes / SARAO) / Duas radiogaláxias gigantes encontradas pelo telescópio MeerKAT (foto editada)
    Duas radiogaláxias gigantes encontradas pelo telescópio MeerKAT

    Contudo, as duas radiogaláxias recém-descobertas, chamadas MGTC J095959.63+024608.6 e MGTC J100016.84+015133.0, são consideravelmente maiores que as radiogaláxias comuns.

    "Elas são mais de dois megaparsecs maiores, o que representa aproximadamente 6,5 milhões de anos-luz ou 62 vezes o tamanho da Via Láctea", afirmou o doutor Matthew Prescott, pesquisador da Universidade de Western Cape e coautor do estudo.

    Os astrônomos localizaram as duas radiogaláxias gigantes em um novo mapeamento de rádio do céu criado pela pesquisa do MeerKAT.

    Parte do mapa do céu MIGHTEE
    © CC BY 4.0 / I. Heywood (Oxford / Rhodes / SARAO) / Parte do mapa do céu MIGHTEE (foto editada)
    Parte do mapa do céu MIGHTEE

    "A existência de duas radiogaláxias gigantes fornece uma intrigante evidência da existência de radiogaláxias extensas e desfalecidas [...]. Anteriormente, esta população estava fora da nossa 'visão' pelas limitações técnicas dos radiotelescópios", afirmou Delhaize.

    Agora, a equipe espera encontrar outras e revelar a maior população de radiogaláxias já vista, além de revolucionar a compreensão da evolução das galáxias.

    Mais:

    Mistério de galáxia desprovida de matéria escura é revelado
    Um dos exoplanetas mais negros de nossa galáxia está destinado a morte flamejante
    Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas (VÍDEO)
    Tags:
    descoberta, radiotelescópio, telescópio, galáxias, galáxia, estudo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar