14:40 22 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    110
    Nos siga no

    NGC 1097 é uma galáxia espiral barrada relativamente brilhante quando vista de frente e se encontra na constelação de Fornax.

    Usando o telescópio VLT, operado no Chile pelo Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês), astrônomos conseguiram fazer imagens de um anel estelar de cinco mil anos-luz de largura no centro da galáxia espiral barrada NGC 1097. Na imagem abaixo, de acordo com o ESO, a luz brilhante é onde o buraco negro estaria se as estrelas não estivessem obscurecendo a visão.

    Nossa foto da semana mais recente revela uma roseta de formação estelar situada na distante galáxia espiral NGC 1097, um exemplo clássico de um anel nuclear em explosão estelar.

    NGC 1097 se encontra na constelação de Fornax, a uma distância de 45 milhões de anos-luz. Também conhecida como Apg 77, ESO 416-20, LEDA 10488 e UGCA 41, NGC 1097 é uma galáxia espiral barrada relativamente brilhante quando vista de frente, explicam os pesquisadores.

    Os cientistas explicam que, na imagem, "as linhas mais escuras […] mostram poeira, gás e detritos da galáxia […], que estão sendo canalizados para o buraco negro supermassivo em seu centro […]. Este processo aquece a matéria circundante formando um disco de acreção em torno do buraco negro e lançando grandes quantidades de energia na área circundante". Os astrônomos do ESO foram citados pelo portal Sci-News.

    A galáxia hospeda um buraco negro aproximadamente 140 milhões de vezes mais massivo que o nosso Sol. O anel distinto ao redor do buraco negro está explodindo com a formação de novas estrelas.

    "A poeira próxima é aquecida e a formação de estrelas acelera na área ao redor do buraco negro supermassivo, formando o anel nuclear de explosão estelar mostrado em tons de rosa e roxo na imagem", afirmam os cientistas.

    NGC 1097 foi descoberta pelo astrônomo alemão-britânico William Herschel em 9 de outubro de 1790.

    Mais:

    Novo estudo põe ponto final em querela: saiba quantos anos têm o Universo
    'Cronômetros do Universo' detectam ondas gravitacionais em abismo espacial
    Estrela de nêutrons mais jovem do Universo é também o magnetar com rotação mais rápida (FOTO)
    Astrônomos detectam quasar mais distante do Universo
    Tags:
    estrelas, buraco negro, galáxia, telescópio, VLT
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar