13:54 24 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 110
    Nos siga no

    A lápide da mulher que viveu na área de Nitzana cerca de 1.400 anos atrás se junta a outras descobertas em escavações que pertenceram a cristãos enterrados na região.

    "Maria santíssima, que viveu uma vida imaculada", esta é a inscrição em grego antigo, do final do período Bizantino, encontrada recentemente em uma pedra no Parque Nacional de Nitzana, no deserto de Negev, Israel. A rocha fazia parte da lápide de uma mulher que morou na região há cerca de 1.400 anos e também inclui a data da sua morte: 9 de fevereiro.

    "Nitzana é conhecido como uma localização fundamental na pesquisa sobre a transição entre o período bizantino e o período islâmico inicial. Durante os séculos V d.C. e VI d.C., Nitzana atuou como um centro para as aldeias e assentamentos nas proximidades. Entre outras coisas, tinha uma fortaleza militar, bem como igrejas, um mosteiro e uma estação rodoviária que servia aos peregrinos cristãos que viajavam para […] [a área] que os crentes consideravam como o local do Monte Sinai", afirma ao portal Green Prophet Tali Erickson-Gini, especialista em pesquisa da Autoridade de Antiguidades de Israel.

    A pedra plana e redonda, com cerca de trinta centímetros de diâmetro, foi usada como lápide em um dos cemitérios que cercavam o antigo povoado. A lápide recém-descoberta se junta assim a outras que pertenceram a cristãos enterrados em igrejas e cemitérios fora de Nitzana.

    "Ao contrário de outras cidades antigas no Negev, muito pouco se sabe sobre os cemitérios ao redor de Nitzana […]. A descoberta de qualquer inscrição como esta pode melhorar nossa definição dos limites dos cemitérios, ajudando assim a reconstruir os limites do próprio assentamento, que ainda não foram verificados", comenta Pablo Betzer, arqueólogo da Autoridade de Antiguidades de Israel.

    Mais:

    Corpo de soldado medieval é achado a 9 metros de profundidade em lago na Lituânia (FOTO)
    Flechas da Idade da Pedra feitas com ossos humanos e pontas farpadas são achadas na Holanda (FOTOS)
    Mosaico que fazia parte de palácio do Império Romano é achado em cidade histórica do Líbano (FOTO)
    Achado 'fascinante': templo de Afrodite de 2.500 anos é descoberto na Turquia (FOTOS)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar