10:07 25 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)
    0 61
    Nos siga no

    A Índia reportou sobre o surto de uma infecção fúngica, chamada mucormicose, que afeta pessoas com sistema imunológico comprometido, possuindo taxa de mortalidade de cerca de 50% nos casos graves.

    O Departamento de Saúde do estado de Gujarat, no oeste da Índia, informou sobre um surto potencialmente mortal de infecção fúngica, que começou entre pacientes com COVID-19 nas cidades de Ahmedabad e Rajkot, de acordo com a mídia local The Indian Express.

    A infecção se chama mucormicose e "é um tipo de doença fúngica que afeta quem tem o sistema imunológico comprometido", segundo o Departamento da Saúde.

    A entidade também destacou que, no caso de a mucormicose se desenvolver em um paciente com outras doenças, pode se tornar uma "infecção grave com uma taxa de mortalidade de quase 50%".

    Os sintomas dependem da localização da doença. Se a infecção estiver nos pulmões, os sintomas podem incluir febre, tosse, dor no peito e dificuldade de respirar. No caso de mucormicose na pele, podem aparecer bolhas ou úlceras e a área infectada pode se tornar negra.

    Em geral, os sintomas da mucormicose variam de uma dor de cabeça simples e congestão nasal a inchaço da face, cegueira e provocar inclusive a morte. Em alguns casos é preciso extrair o nariz e a mandíbula dos pacientes para salvar a vida deles.

    Anteriormente, médicos do hospital Sir Ganga Ram, em Nova Deli, informaram sobre um caso similar. Segundo os relatos, mais de uma dezena de pacientes recuperados da COVID-19 no hospital foram afetados por mucormicose e ao menos cinco deles morreram.

    Desde o início da pandemia, a Índia registrou 10.169.118 casos confirmados da COVID-19, 147.343 mortes e 9.740.108 pacientes recuperados, sendo o segundo país mais afetado pelo vírus. No mundo foram registrados 79.845.538 casos confirmados, 1.750.617 óbitos e 45.003.041 pacientes recuperados do coronavírus.

    Tema:
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)

    Mais:

    Cientista aponta 'arma secreta' contra COVID-19 que você pode ter em casa
    COVID-19: Brasil tem 483 mortes em 24h e soma mais de 190,5 mil óbitos na pandemia
    Cientistas britânicos testam coquetel que pode prevenir infecção causada pela COVID-19
    COVID-19: por que Brasil ainda não iniciou vacinação?
    Tags:
    Índia, infecção, novo coronavírus, pandemia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar