12:54 21 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    Arqueólogos encontraram vestígios de complexo ritual da Idade do Bronze em Pommelte, Alemanha, semelhante a Stonehenge britânico.

    Durante escavações em Pommelte, Alemanha, arqueólogos encontraram vestígios de um complexo ritual da Idade do Bronze, semelhante a Stonehenge britânico.

    As instalações foram descobertas pela primeira vez em 1991, e consistem em diferentes círculos concêntricos, formados por antigos aterros e valas. O tamanho é semelhante ao de Stonehenge, possuindo uma vala externa de 115 metros de diâmetro.

    A diferença principal entre as duas instalações é que a descoberta alemã é construída de madeira, por isso é chamada Woodhenge, enquanto Stonehenge britânico é feito de pedra.

    Dentro do círculo, arqueólogos descobriram sepulturas de homens, mulheres e crianças com traços de morte violenta, passando a ser considerado sacrifício ritual.

    Segundo dados de datação por radiocarbono, o complexo alemão funcionou durante 400 anos, de 2400 a.C. a 2050 a.C., assim como Stonehenge.

    Durante as escavações de 2020, foi encontrado um povoado perto de Woodhenge, de acordo com o estudo publicado na revista Archaelogy. Os pesquisadores descobriram 65 casas retangulares, de 15 a 30 metros quadrados de tamanho. Todas os edifícios foram construídos da mesma forma.

    Cientistas consideram que em cada casa vivia uma família grande de 20 ou 30 pessoas, sendo a população do povoado superior a mil pessoas, o que é muito para início da Idade do Bronze. O povoado foi o maior da Alemanha central da época, segundo pesquisadores.

    Woodhenge na Alemanha
    © Wikimedia Maps, CC BY-SA 2.0/Torsten Maue
    Woodhenge na Alemanha

    A datação por radiocarbono revelou que o povoado existiu ao mesmo tempo que o complexo ritual, o que o difere de Stonehenge. Até hoje em dia, arqueólogos não encontraram traços de povoados antigos perto de Stonehenge.

    Pesquisadores britânicos passaram muito tempo considerando Stonehenge um fenômeno sem análogos no mundo. No entanto, as escavações em Pommelte mostram que instalações circulares refletem uma tradição dos povos da Europa do fim do Neolítico e início da Idade do Bronze.

    A comparação de amostras de DNA, obtidas das sepulturas de Pommelte e dos arredores de Stonehenge, revelou se tratar de pessoas próximas geneticamente, que migraram nos anos 2800 a.C. do litoral do mar Negro para a Alemanha central, e depois para as ilhas britânicas.

    Mais:

    Considerados extintos antes da pandemia, animais sumidos há cerca de 100 anos são 'redescobertos'
    Mineral extraído há mais de 200 anos tem segredo revelado só agora (FOTOS)
    Humanos poderiam ter hibernado durante invernos rigorosos há 400 mil anos
    Tags:
    arqueologia, descoberta, sacrifícios, Stonehenge, Alemanha, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar