00:36 17 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 171
    Nos siga no

    Os especialistas que observaram o alargamento da fenda que partiu em dois o monte Hochvogel nos Alpes encontraram uma certa regularidade em seus movimentos tectônicos.

    Os resultados do estudo foram publicados na revista Earth Surface Processes and Landforms.

    O pico do monte Hochvogel de 2.562 metros de altitude, situado nos Alpes, que é uma cadeia montanhosa na Europa, é cortado em duas partes por uma fenda enorme de cinco metros de largura em alguns sítios, com esta continuando a se alargar à velocidade de cerca de cinco milímetros por mês.

    ''Grande Natal: este vai ser um grande deslizamento de terra quando acontecer''

    Todo o cume de Hochvogel de 2.592 metros de altura é cortado por uma fenda de cinco metros de largura e trinta metros de comprimento. Continua abrindo até meio centímetro por mês.

    O mais notável é o fato de pelo pico passar a fronteira entre a Alemanha e a Áustria, enquanto os cientistas preveem que em qualquer momento a parte austríaca pode cair, com 260 mil metros cúbicos de rochas desabando sobre o vale de Hinterhornbach. Mas é difícil saber quando isso vai ocorrer.

    Cientistas do Centro Helmholtz de Potsdam – Centro Alemão de Pesquisa em Geociências e da Universidade Técnica de Munique (Alemanha) desenvolveram um novo método de observação da solidez da rocha através de aparelhos que registram movimentos sísmicos.

    A inovação é as medições serem realizadas diretamente no local e sem interrupções, enquanto antes o monitoramento de longo prazo do monte se exercia só através de detecção remota e medições esporádicas.

    Os especialistas analisaram a vibração ressonante dentro da rocha e descobriram que o aumento de sua frequência ocorre um pouco antes do rompimento da rocha. Este indicador, segundo eles, pode indicar a ameaça próxima de uma quebra.

    Durante mais dois anos os cientistas vão observar os movimentos tectônicos, mas ressaltam que, mesmo que a rocha desmorone e julgando pela trajetória calculada do deslizamento, não haverá nenhuma ameaça para as povoações do vale.

    Mais:

    VÍDEO mostra caça Rafale em pouso incrível entre montanhas dos Alpes suíços
    Mudanças climáticas derretem gelo nos Alpes e revelam tesouros milenares (FOTOS)
    Avião fica entrelaçado após colidir com teleférico nos Alpes italianos (VÍDEO)
    Tags:
    montanha, rocha, Alpes
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar