07:11 14 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Os cientistas identificaram a nova espécie de cobra, Levitonius mirus, nas Filipinas. Inicialmente, a espécie ficou escondida em uma coleção de biodiversidade de cobras na Universidade do Kansas, EUA.

    Os espécimes da nova cobra foram coletados entre 2006 e 2007, mas na época foram identificados de forma incorreta, pois ninguém os havia visto antes. Os exemplares passaram anos preservados na coleção do Instituto da Biodiversidade da Universidade do Kansas (KU, na sigla em inglês) e no Museu de História Natural, nos EUA, mas os pesquisadores não sabiam que eram, na verdade, um novo gênero de cobras, segundo o portal Phys.org.

    O cenário mudou quando o assistente de pesquisa de pós-graduação da KU, Jeff Weinell, estudou a genética da espécie utilizando análise molecular, e depois os enviou aos pesquisadores da Universidade da Flórida (EUA) para fazerem uma tomografia computorizada.

    Ao receber os dados moleculares, Weinell compreendeu que os espécimes da cobra subterrânea não eram do gênero Pseudorabdion, como anteriormente foi sugerido.

    A identificação de classificação da nova cobra não foi um processo fácil, dado que o arquipélago das Filipinas é uma região de grande biodiversidade que inclui pelo menos 112 espécies de cobras terrestres de 41 gêneros, oriundas de 12 famílias distintas.

    Jeff Weinell, assistente de pesquisa de pós-graduação da Universidade do Kansas, mostra a nova espécie de cobra Levitonius mirus
    Jeff Weinell, assistente de pesquisa de pós-graduação da Universidade do Kansas, mostra a nova espécie de cobra Levitonius mirus

    Weinell, em conjunto a outros pesquisadores, estudou a morfologia do animal, acrescentando atenção especial às escamas do seu corpo, a parte orgânica das cobras que pode auxiliar na identificação das espécies. A tomografia computorizada também ajudou a mostrar a anatomia interna do novo réptil.

    "A cobra tem o menor número de vértebras de todas as espécies de cobras do mundo, o que é provavelmente o resultado da miniaturização e adaptação para passarem a maior parte da sua vida no subsolo", comentou Weinell.

    Os especialistas conseguiram determinar que a cobra é do novo gênero "miniaturizado" e a descoberta recebeu o nome de Levitonius mirus.

    Três espécimes de cobra Levitonius mirus
    © Foto / Weinell, et al.
    Três espécimes de cobra Levitonius mirus

    O nome foi inspirado em Alan Leviton, pesquisador da Academia de Ciências da Califórnia (CAS, na sigla em inglês), que passou dezenas de anos nas Filipinas estudando as espécies, desde a década de 1960 até o presente momento.

    "'Mirus' em latim significa inesperado. Isso se refere a natureza inesperada desta descoberta por obter sequências de DNA novamente e depois imaginar o que estava acontecendo", realtou Weinell.

    Em seu habitat nativo nas ilhas Samar e Leyte nas Filipinas, a cobra Levitonius mirus passa a maioria de seu tempo no subsolo, e geralmente aparece na superfície apenas após fortes chuvas, por isso, inicialmente, foi identificada de forma incorreta, pois nunca havia sido vista antes.

    Mais:

    Nova espécie de morcego de 16 milhões de anos é descoberta na Espanha
    Cães antirreptilianos se irritam com cobras, mas acabam se acalmando
    Nova espécie de baleia é encontrada na costa do México, afirmam cientistas (FOTO)
    No flagra: cobra em privada foge após ser descoberta e filmada (VÍDEO)
    Tags:
    pesquisadores, espécies, descoberta, Filipinas, Cobra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar