13:25 06 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)
    3113
    Nos siga no

    As máscaras inteligentes podem matar o vírus da COVID-19 e ainda mantêm suas características inalteradas mesmo após 100 lavagens consecutivas a 60 ºC

    A divisão P&D do grupo empresarial espanhol Atenzza desenvolveu uma máscara higiênica elaborada com tecido ecológico contendo biocidas estáticos que matam qualquer vírus, inclusive o SARS-CoV-2, da COVID-19, apontando uma eficácia de 99%, segundo a agência Europa Press.

    As características de proteção da máscara permanecem inalteráveis mesmo após 100 lavagens continuas a 60 ºC. Os biocidas estáticos funcionam como uma cadeia de genes replicáveis contidos em uma embalagem de lipídios que atuam deixando o vírus sem cobertura, o desfazendo em seguida.

    Desta forma, quando o coronavírus entra em contato com o tecido, se inicia o processo químico que faz com que 99% da carga viral desapareça em menos de duas horas. Além disso, também é eficaz contra fungos, bactérias e outros tipos de vírus.

    O novo tecido se chama Ecodry e fornece uma novidade tecnológica através da nanotecnologia, sendo capaz de fixar produtos biocidas à fibra de modo efetivo, evitando transmissão e problemas de alergia no contato com a pele.

    As máscaras são feitas de algodão orgânico em 70%. Além de cumprir todos os requisitos de segurança, superam as máscaras FFP2 em filtração bacteriana e respirabilidade, segundo a empresa produtora, destacando que as mesmas são hidrorrepelentes, impermeáveis, laváveis e com boa capacidade para ventilação, por isso, também são especialmente indicadas para esportistas.

    As máscaras podem ser utilizadas durante longos períodos de tempo com comodidade e sem riscos, foram aprovadas em todos os ensaios clínicos e também garantiram a certificação europeia CWA17553:2020.

    Tema:
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)

    Mais:

    Mais do que o esperado: cientistas descobrem quanto tempo dura imunidade de quem já teve COVID-19
    São Paulo volta para fase vermelha, a mais rígida, para conter COVID-19 em festas de fim de ano
    Caminhoneiros no Reino Unido enfrentam polícia na fronteira fechada por Paris pela COVID-19 (VÍDEOS)
    Intensivista russo revela erro fatal no tratamento da COVID-19 em casa
    Cientistas descobrem o porquê de danos cerebrais durante COVID-19
    Tags:
    máscara, vírus, pandemia, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar