00:04 17 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (22), um túmulo de 1.800 anos contendo diversos artefatos foi descoberto em um sítio arqueológico da Turquia, local onde acontecem escavações desde 2003.

    Entre os artefatos encontrados no túmulo, estavam lamparinas, instrumentos médicos, anéis e espelhos.

    Além disso, a equipe de escavação encontrou moedas e vestígios de oferendas do lado de fora da sepultura. Outro fato que chamou a atenção, foi o esqueleto de uma mulher, com um instrumento médico ao seu redor, indicando que ela pode ter sido uma médica.

    ​Túmulo e oferendas de 1.800 anos no Zeugma do mar Negro são descobertos na antiga cidade de Hadrianopolis, no distrito de Eskipazar, nordeste da província de Karabuk na Turquia.

    "As oferendas encontradas revelam que a sepultura pertence a uma mulher, ressaltando que havia uma lamparina, um instrumento médico, anéis e um espelho, indicando ser o túmulo de uma médica", afirmou ao portal Daily Sabah o professor Ersin Celikbas.

    O trabalho de escavação no local envolve 14 estruturas, que consistem de dois banheiros, duas igrejas, estrutura de defesa, tumbas de pedra, um teatro, uma estrutura abobadada, um nicho de cultos, fortificações, vilas e outros edifícios.

    Mais:

    Arqueólogos desenterram no Egito tesouro de moedas de ouro do século X (FOTOS)
    Raros e valiosos vestígios arqueológicos são encontrados na Bélgica (FOTO)
    Arqueólogos podem ter encontrado a casa da infância de Jesus (FOTO)
    Tags:
    Turquia, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia, descoberta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar