03:25 23 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1140
    Nos siga no

    Após passar por testes rigorosos por anos, o selo mais antigo de Israel, usado na corte do rei Jeroboão II, no século VIII a.C., teve sua autenticidade comprovada.

    Acredita-se que este selo, o mais antigo já conhecido em Israel, remonte à Idade do Ferro, tendo ao menos 2.700 anos de idade.

    O item havia sido adquirido de um comerciante de antiguidades sem se saber a procedência na década de 1980, fazendo com que todos acreditassem que fosse falso.

    "Este selo é um dos primeiros, senão o mais antigo [...] de Israel", afirmou ao jornal The Times of Israel o professor Yuval Goren da Universidade Ben-Gurion.

    De forma oval, o selo tem 23,4 por 19,3 milímetros e possui a figura de um leão com a cauda erguida e com uma inscrição sobre ele: "l’Shema eved Yerov’am" (Pertencente a Shema, o servo/ministro de Jeroboão).

    Embora seja extremamente raro encontrar um selo do Reino de Israel, existem centenas deles que foram descobertos do Reino de Judá.

    De acordo com Goren, alguns destes selos possuem sinais de serem selados em papiros, bem como em tecidos e madeira. Com isso, os pesquisadores acreditam que o selo tenha sido criado para formalizar um acordo ou transação oficial, como uma assinatura.

    Mais:

    Cientistas encontram antigas aldeias na Amazônia dispostas em forma de relógio (FOTO)
    Capacete grego-ilírio do século IV a.C. é encontrado na Croácia (FOTO)
    Inscrição antiga indica que Mesopotâmia e Egito não foram os primeiros a inventar a escrita (FOTO)
    Tags:
    Bíblia, selo, israel, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar