16:08 15 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    130
    Nos siga no

    A falha técnica ocorreu a uma altura de 12 quilômetros, momentos depois da separação da nave espacial SpaceShipTwo de sua aeronave portadora.

    De acordo com a empresa de turismo espacial Virgin Galactic, o voo de teste teve de ser interrompido depois de "a sequência de ignição do motor do foguete não ser completada".

    Sem passageiros a bordo, os pilotos conseguiram pousar a aeronave em segurança no Porto Espacial América, o primeiro porto espacial comercial, localizado no Novo México. Os pilotos saíram ilesos.

    Nave VSS Unity da empresa de turismo espacial Virgin Galactic
    © AP Photo / Matt Hartman
    Nave VSS Unity da empresa de turismo espacial Virgin Galactic

    A aeronave apresentou falha técnica quando estava a uma altura de 12 quilômetros, momentos depois de a nave espacial se separar de sua aeronave, segundo a CNBC.

    O voo de teste tinha como objetivo obter dados relevantes que abririam caminho para a inauguração dos voos espaciais comerciais, prevista para ocorrer em 2021.

    Aproximadamente 600 turistas já adquiriram passagens da empresa a um preço que varia em torno de US$ 250.000 (R$ 1,2 milhão), que inclui a oportunidade de observar o planeta a partir de outro ângulo.

    Mais:

    NASA compartilha IMAGEM mostrando como seriam erupções vulcânicas em Vênus
    Motor nuclear projetado para NASA poderá transportar humanos para Marte em apenas 3 meses
    NASA publica 'sons sinistros' do espaço para comemorar Halloween
    Tags:
    avião, turismo, nave espacial, aeronaves, aeronave
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar