05:53 16 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    Pesquisadores do Instituto Nacional de Antropologia e História do México localizaram a seção oriental de uma torre de crânios humanos de 4,7 m de diâmetro erguida pelos astecas entre 1486 e 1502.

    Cinco anos atrás, os arqueólogos conseguiram localizar a extremidade nordeste da torre circular Huei Tzompantli, dedicada ao deus Huitzilopochtli, a maior divindade asteca.

    "A Huei Tzompantli é, sem dúvida, um dos achados arqueológicos mais impactantes dos últimos anos em nosso país, pois é um importante testemunho do poderio e grandeza que o México-Tenochtitlan [capital do Império Asteca] alcançou", disse Alejandra Frausto Guerrero, secretária de Cultura do México.

    Segundo a pesquisa, a queda da capital do Império Asteca às mãos dos colonizadores espanhóis levou à destruição da maior parte da torre Huei Tzompantli, cujos fragmentos têm sido encontrados desde 2015.

    Até agora foram achados 119 crânios humanos na parte leste da torre, que se somam a outros 484 identificados anteriormente.

    ​Arqueólogos localizaram o lado leste e a fachada externa da torre de crânios Huei Tzompantli, de Tenochtitlan; na seção leste da torre foram achados superficialmente 119 crânios humanos, que se somam aos 484 identificados anteriormente.

    De acordo com Raúl Barrera Rodríguez, chefe do Programa de Arqueologia Urbana, os crânios "foram unidos com argamassa de cal e argila", destacando que, segundo suas características ósseas, os crânios pertenciam a pessoas entre 25 e 30 anos de idade, havendo também caveiras de algumas crianças.

    Na Mesoamérica se creditava que o sacrifício ritual mantinha os deuses com vida e dava continuidade à existência do Universo.

    Os arqueólogos acreditam que este monumento era também uma exibição do poder bélico dos astecas ante seus inimigos.

    Mais:

    Reino secreto asteca é encontrado debaixo de cidade mexicana (FOTOS)
    Descoberto no México 1º templo dedicado a deus mais importante da era pré-hispânica
    Descoberta razão da peste que causou colapso da civilização asteca
    Tags:
    arqueólogo, escavação, arqueologia, México, civilizações antigas, crânio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar