18:33 25 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    Arqueólogos encontraram centenas de joias de ouro no túmulo de uma princesa do antigo reino da Silla, enterrada no século VII na cidade da Gyeongju, na Coreia do Sul.

    A descoberta aconteceu durante as escavações realizadas pela equipe do Instituto Nacional de Investigação do Património Cultural (NRICH, na sigla em inglês), no túmulo 44, na cidade costeira de Gyeongju, antiga capital do reino de Silla.

    Silla era um potente reino, parte dos três reinos que constituíam antigamente a Coreia, fundado em 57 a.C. e colapsado em 935 a.C. No total, o reino existiu por cerca de oito séculos.

    Acessórios de ouro descobertos no túmulo da princesa do reino de Silla, século V, Coreia do Sul
    Acessórios de ouro descobertos no túmulo da princesa do reino de Silla, século V, Coreia do Sul

    As escavações iniciaram em 2014, quando o túmulo foi identificado no interior de um cemitério de tamanho médio, contendo uma câmara de madeira empilhada em pedras (agora ausente de restos humanos, que com tempo, se deterioraram até virarem pó). Segundo as suposições dos arqueólogos, o túmulo é datado do século V.

    Acessórios de ouro descobertos no túmulo da princesa do reino de Silla, século V, Coreia do Sul
    Acessórios de ouro descobertos no túmulo da princesa do reino de Silla, século V, Coreia do Sul

    As últimas descobertas, listadas pelos oficiais do Instituto em uma coletiva de imprensa em 7 de dezembro, consistem em uma coroa de bronze dourado, ornamentos para o peito dourados, brincos e pingentes de ouro, pulseiras de ouro e prata, uma faca de prata ornamental e centenas de pedras do jogo estratégico de tabuleiro Go, antigo jogo de tabuleiro da Ásia Oriental.

    Acessórios de ouro descobertos no túmulo da princesa do reino de Silla, século V, Coreia do Sul
    Acessórios de ouro descobertos no túmulo da princesa do reino de Silla, século V, Coreia do Sul. Uma reconstrução de sua aparência original

    Da mesma forma, foram descobertos vários besouros utilizados no antigo reino para decorar pessoas falecidas. Habitualmente, tais besouros, eram encontrados exclusivamente nos túmulos da realeza ou da elite de Silla, o que deixa os especialistas sugerirem que o túmulo era de uma mulher da família real.

    Os besouros utilizados no antigo reino de Silla para decorar pessoas falecidas
    Os besouros utilizados no antigo reino de Silla para decorar pessoas falecidas

    "A altura da pessoa enterrada é estimada em cerca de 150 centímetros, e o pequeno tamanho da coroa de bronze dourado e outros acessórios indicam que a tumba é para uma mulher. A pessoa também carregava uma faca de prata ornamental, ao invés de uma adaga adornada, tipicamente encontrada nos túmulos dos reis, sugerindo que a pessoa poderia mesmo ser mulher ", contou um representante do NRICH ao The Korea Times.

    Mais:

    'Domínio de Horus Rei Escorpião': arqueólogos decifram a mais antiga designação de local (FOTOS)
    Arqueólogo revela possível significado de inscrição em altar pagão de igreja em Israel (FOTO)
    Arqueólogos no Japão encontram objetos que teriam servido de comércio com a Coreia (FOTO)
    Tags:
    princesa, tesouro, besouros, túmulo, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar