00:07 23 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de dezembro (93)
    3132
    Nos siga no

    O envelhecimento prematuro pode ser uma das consequências da COVID-19, mesmo depois de uma forma leve da doença.

    A professora Ancha Baranova, da Escola de Biologia Sistemática da Universidade George Mason, alertou em entrevista à Sputnik para a possibilidade de envelhecimento prematuro entre pacientes com coronavírus.

    A cientista chamou atenção para os resultados da pesquisa de um grupo de médicos que estudou o estado de pacientes que tiveram COVID-19 nas formas leve e moderada.

    "Até entre as pessoas que tiveram doença em forma muito leve, 70% delas tiveram patologias de alguns órgãos internos. Mas a patologia principal não era cardíaca, mas principalmente esteatose hepática [afeta o fígado] e degenerações gordurosas do tecido pancreático", explicou Baranova.

    Normalmente, as pessoas de 60 anos têm estas diagnoses, no entanto, as pessoas recuperadas da COVID-19 têm esses problemas já na idade de 40 anos.

    A cientista concluiu que o coronavírus "pega recursos e aproxima a velhice". As consequências da doença devem ser estudadas mais detalhadamente, acrescentou.

    "É preciso começar estudos de coorte longos de doentes recuperados do coronavírus e estudá-los detalhadamente: fazer análises, por mais de uma vez, ver o que está passando", acrescentou Baranova.

    A cientista destacou que já começaram a ser realizadas tentativas deste tipo de estudos.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de dezembro (93)

    Mais:

    Reino Unido se torna 1º país a autorizar uso da vacina da Pfizer/BioNTech contra COVID-19
    Macron espera vacinação massiva contra a COVID-19 na França a partir de abril de 2021
    EUA têm mais de 10 mil mortes por COVID-19 em 7 dias e passam de 270 mil óbitos
    Mais de 100 visons infectados escapam na Dinamarca e podem espalhar COVID-19 na vida selvagem
    Tags:
    vírus, novo coronavírus, pandemia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar