07:53 17 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    Descoberta de fóssil de ave parecida com tucano em Madagascar fornece uma nova visão sobre a evolução do rosto e do formato do bico de precursor dos pássaros modernos.

    O fóssil de um pássaro inusitado do período Cretáceo, na era Mesozoica, foi encontrado em Madagascar e sugere um mundo perdido de pássaros antigos que os paleontólogos estão apenas começando a descobrir. Com um bico pequeno em forma de foice e com um dente na ponta, o Falcatakely forsterae foi apresentando ao mundo na quarta-feira (25) em novo estudo publicado na revista científica Nature.

    Medindo menos de nove centímetros, o pássaro se pareceria um pouco com um minúsculo tucano. "Quando vi pela primeira vez uma foto do crânio, pensei que estava olhando para um tucano moderno que de alguma forma estava envolto em concreto", comentou Steven Brusatte, da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, que não estava envolvido no estudo do fóssil, citado pelo portal New Scientist.

    O crânio do Falcatakely encontrado tem entre 66 milhões e 72 milhões de anos. O fóssil está bem preservado, mas é parcial. Esqueletos de pássaros são raros no registro fóssil por causa de seus ossos leves e tamanho pequeno. Crânios de pássaros são achados ainda mais raros, ressaltam os pesquisadores do estudo em comunicado.

    "Quando o rosto começou a emergir da rocha, soubemos imediatamente que era algo muito especial, senão inteiramente único […]. Os pássaros mesozoicos com faces tão altas e longas são completamente desconhecidos, com o Falcatakely fornecendo uma grande oportunidade para reconsiderar as ideias sobre a evolução da cabeça e do bico na linhagem que leva aos pássaros modernos", explica Patrick O'Connor, principal autor do estudo.

    Novo mundo a ser explorado

    Pássaros modernos como tucanos e calaus desenvolveram bicos em forma de foice muito semelhantes ao dos Falcatakely. "O que é surpreendente é que essas linhagens convergiram para a mesma anatomia básica, apesar de serem relacionadas de forma muito distante", observa Ryan Felice, coautor do artigo.

    Além disso, o fato de Falcatakely ser diferente de qualquer outra ave mesozoica conhecida até agora indica que existem outras aves incomuns por aí. "Uma espécie como Falcatakley oferece a possibilidade tentadora de uma maior diversidade de formas que ainda precisa ser descoberta", diz Brusatte.

    Sentimento compartilhado por O'Connor: "A descoberta de Falcatekely ressalta que grande parte da história profunda da Terra ainda está envolta em mistério […]. Principalmente nas partes do planeta que foram relativamente menos exploradas".

    Mais:

    Fóssil de pterossauro nunca antes visto de 100 milhões de anos é descoberto na China (FOTO)
    Fóssil de tatu gigante de 10.000 anos com espinhos na cauda é encontrado na Argentina (FOTOS)
    Achado em floresta petrificada, fóssil raro de mais de 220 mi de anos tem aparência revelada (FOTOS)
    Morto em combate: 1º fóssil de T-rex completo é encontrado junto ao adversário (FOTOS)
    Tags:
    Período Cretáceo, Madagascar, fóssil, pássaro, ave
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar