18:38 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1200
    Nos siga no

    O diretor do parque arqueológico, Massimo Osanna, afirmou que esta descoberta é "verdadeiramente excepcional".

    Os restos perfeitamente conservados de duas pessoas foram encontrados recentemente durante escavações a aproximadamente 700 metros da antiga cidade romana de Pompéia.

    Os pesquisadores acreditam que os corpos pertenciam a um homem de alta classe social e seu escravo, que tentavam fugir da erupção do Vesúvio do ano 79 d.C, comunicaram neste sábado (21) as autoridades do parque arqueológico italiano.

    Restos de vítimas da erupção do Vesúvio
    © REUTERS / Luigi Spina
    Restos de vítimas da erupção do Vesúvio

    Segundo os arqueólogos, as vítimas conseguiram escapar da fase inicial do desastre, quando a cidade ficou coberta de cinzas vulcânicas em um criptopórtico - um túnel subterrâneo - na parte nobre da cidade de Civita Giuliana, onde logo faleceram devido a uma erupção que ocorreu no dia seguinte.

    Massimo Osanna, diretor do parque, explicou que a causa da morte foi "um golpe de calor, como demonstra também o fato de terem as mãos e os pés contraídos".

    Os especialistas detalharam que um dos falecidos era um jovem, de entre 18 e 25 anos, que tinha várias vértebras comprimidas, o os fez acreditar que era um operário que realizava trabalho manual ou um escravo. Estava usando uma túnica plissada, possivelmente feita de lã. A segunda vítima era um homem rico, de entre 30 e 40 anos, com uma estrutura de ossos mais forte, particularmente na zona do tórax, vestido também com uma túnica.

    Por sua parte, Osanna afirmou que a descoberta é "verdadeiramente excepcional", enquanto o ministro da Cultura da Itália, Dario Franceschini, salientou a importância de Pompéia como lugar de estudo e pesquisa.

    "Esta extraordinária descoberta mostra que Pompéia é um lugar importante no mundo não somente pela grande quantidade de turistas, mas também porque é um local incrível de pesquisas e estudos", declarou.

    Mais:

    'Nenhuma parte dos EUA estaria a salvo', afirma cientista sobre erupção em Yellowstone
    Vaso 'excepcional' da época romana é encontrado na França (FOTO)
    Estudo revela data de famosa erupção que abalou civilização maia
    Tags:
    história, Monte Vesúvio, Itália, erupção, cultura, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar