03:24 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Arqueólogos descobriram os restos de um luxuoso palácio debaixo de um prédio de escritórios do século XIX no centro de Roma, na Itália.

    Os restos da casa e do jardim do imperador mostram o melhor que o dinheiro podia comprar na Roma Antiga. Além da luxuosa moradia, os arqueólogos italianos que escavaram o sítio encontraram um jardim ornamentado com fontes d'água, no qual havia até um pequeno zoológico particular com animais exóticos.

    "Os restos contam histórias incríveis, começando nos animais. Encontramos ossos de uma pata de leão, um dente de um urso e ossos de avestruzes e cervos. Podemos imaginar animais correndo livres nesta paisagem encantada, porém também animais selvagens que foram utilizados para os jogos circenses particulares do imperador", detalhou Mirella Serlorenzi, do Ministério do Patrimônio e das Atividades Culturais da Itália, ao The Times.

    Após três anos de escavações sob o prédio de uma empresa que administra as pensões dos médicos, no centro de Roma, a equipe de arqueólogos também encontrou na área do palácio de Calígula algumas sementes de plantas exóticas importadas, partes do jardim do imperador.

    ​Casa de Calígula, da Roma Antiga, foi revelada. Os arqueólogos que trabalham no centro de Roma descobriram vestígios de um palácio luxuosamente decorado e de um jardim ornamentado que parece ter servido como uma versão inicial de um parque de vida selvagem.

    Os especialistas também descobriram os restos de uma escadaria de mármore branco, que unia os diferentes níveis do jardim.

    "Podemos imaginar o imperador Calígula caminhando por esta monumental escadaria para desfrutar do espetáculo do palácio", afirmou Serlorenzi, citada pelo Daily Mail.

    Calígula passou a viver na propriedade no ano 37 d.C., quando se tornou imperador aos 24 anos de idade. A casa principal e os jardins foram erguidos por Lucio Elio Lamia, um rico senador e cônsul.

    Diversos artefatos foram extraídos do sítio, incluindo joias, moedas, ossos de animais e um broche de metal, que pertencia a uma guarda imperial. Os itens serão exibidos em uma futura exposição.

    Calígula foi o terceiro líder do Império Romano, e é conhecido por seu estilo de vida extravagante e libertino.

    Mais:

    'Mistério da múmia da pirâmide' intriga cidade de Roma (FOTO)
    Descoberta cidade perdida na Etiópia de império que rivalizava com Roma (FOTOS)
    Após 2.000 anos enterrada em Roma, luxuosa residência está prestes a ser exposta (FOTOS, VÍDEO)
    Tags:
    Roma, Itália, descoberta, arqueólogos, arqueólogo, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar