20:25 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 101
    Nos siga no

    A autorização permite que telefones da gigante de telecomunicações chinesa recebam chips produzidos pela Qualcomm.

    A companhia norte-americana Qualcomm obteve permissão da Casa Branca para vender chips para celulares 4G da chinesa Huawei, segundo revelou neste sábado (14) à agência Reuters um porta-voz da empresa com sede na Califórnia.

    "Recebemos uma licença para vários produtos, incluindo alguns produtos 4G", explicou o representante da Qualcomm, que, junto a outras empresas norte-americanas de semicondutores, teve que interromper em setembro suas vendas para a Huawei.

    Durante a administração do presidente Donald Trump, os EUA iniciaram diversas guerras comerciais com a China, proibindo a venda de certos itens de alta tecnologia como semicondutores para empresas do país asiático.

    Smartphone com o logotipo da rede Huawei e 5G em uma placa-mãe de computador, 29 de janeiro de 2020
    © REUTERS / Dado Ruvic
    Logotipo da Huawei

    Contudo, Stacy Rasgon, analista da Bernstein, acredita que a licença concedida à Qualcomm terá um "impacto limitado", pois somente afeta os chips 4G. Ora, a maioria dos consumidores está começando a utilizar dispositivos equipados com a tecnologia 5G.

    Mais:

    Brasil 'amarra as próprias mãos' ao não discutir tecnologia 5G com Huawei, alerta especialista
    Huawei elabora plano ambicioso para contornar bloqueio de mercado de semicondutores dos EUA
    Mídia: indústria de chips da China continuará crescendo e será semiautônoma nos próximos anos
    Tags:
    Qualcomm, China, EUA, Huawei, Casa Branca, 5G, tecnologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar