01:20 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    Pesquisadores advertem sobre a falta de "dados essenciais" presentes no estudo, mas o comportamento descrito no estudo indica um forte uso da dobra de pele nos rostos dos machos.

    Uma espécie particular de morcego que habita no México, na América Central e no norte da América do Sul foi flagrada em um ritual de cortejamento bastante incomum durante o acasalamento, indica um estudo elaborado pela equipe de Bernal Rodríguez-Herrera, da Universidade da Costa Rica, publicado na revista científica PLOS One.

    O morcego em questão, Centurio senex, comumente conhecido como morcego enrugado, exibe um dimorfismo sexual distinto, com os machos ostentando uma dobra de pele sob o queixo que "pode ser levantada para cobrir a parte inferior do rosto como uma máscara", relatam os cientistas.

    Durante o estudo, os pesquisadores determinaram que durante o acasalamento lek, que concentra machos da espécie, e no qual as fêmeas escolhem companheiros com base em suas exibições sexuais, os machos abaixam a dobra de pele em seu rosto imediatamente antes do acasalamento, apenas para a voltar a erguer quando o processo estiver terminado.

    Morcegos enrugados (Centurio senex) acasalam de uma forma única chamada lek, em que os machos territoriais competem por favores femininos enrolando para trás sua cobertura facial característica para, esperançosamente, serem julgados os mais enrugados (e mais aptos) de todos eles!

    "Embora tenhamos tido muita sorte em obter as primeiras observações sobre o comportamento desta interessante espécie, nós nos abstivemos deliberadamente de utilizar morcegos com redes de nevoeiro para não assustar os animais longe de nosso local de estudo", escreveram os cientistas, observando as "óbvias deficiências" de seu estudo.

    "O lado negativo desta abordagem cautelosa é, contudo, que ainda nos faltam dados essenciais, tais como a proporção de sexo no local, a condição corporal de cada macho, ou a identidade de todos os visitantes".

    A equipe também expressou esperança de que "o encontro de um futuro lek de Centurio senex" permita "fechar algumas das lacunas atuais no conhecimento sobre o comportamento de um dos morcegos mais icônicos dos neotrópicos", em referência à região biogeográfica da América do Sul, América Central e as ilhas do Caribe.

    Mais:

    Portugal cataloga nova espécie de morcego antes encontrada em apenas 2 países (FOTO)
    Evolução 'paralela' dos polvos poderia fazer 'concorrência' aos humanos?
    Fim da humanidade? Morcegos caem misteriosamente mortos em Israel
    Tags:
    Caribe, Costa Rica, América do Sul, México, América Central
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar