07:58 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1120
    Nos siga no

    As múmias antigas desenterradas de túmulo de pedra há mais de 400 anos finalmente revelaram seus segredos. Cientistas as examinaram usando tomografia computorizada.

    Três múmias, provenientes do sítio arqueológico de Saqqara, antiga necrópole egípcia, são de um homem, uma mulher e uma adolescente. Foram enterradas no período romano tardio (de 30 a.C. a 395 d.C.), de acordo com estudo publicado na revista científica Plos One.

    Ao contrário de outras múmias, que foram enterradas em sarcófagos, estas foram colocadas em pranchas de madeira, enroladas em tecido e sudário e decoradas com gesso tridimensional, ouro e retratos de corpo inteiro, de acordo com a diretora da pesquisa Stephanie Zesch, antropóloga e egiptóloga do Projeto de Múmias Alemãs no Museu Reiss Engelhorn, Mannheim, Alemanha.

    Múmias de homem e de mulher, encontradas em Saqqara em 1615, na Coleções de Artes de Dresden, na Alemanha
    Múmias de homem e de mulher, encontradas em Saqqara em 1615, na Coleções de Artes de Dresden, na Alemanha

    Agora, tomografia computorizada revelou que ao menos uma das três múmias foi enterrada com os órgãos (até o cérebro) e que as duas mulheres foram enterradas com belos colares, encontrados pelos pesquisadores.

    Detalhes da jovem múmia: (A) Numerosas contas ao redor do pescoço e na região torácica, sugerindo um colar intacto/ou vários colares - (B) Um grampo de cabelo no topo da cabeça indicando um penteado alto
    Detalhes da jovem múmia: (A) Numerosas contas ao redor do pescoço e na região torácica, sugerindo um colar intacto/ou vários colares - (B) Um grampo de cabelo no topo da cabeça indicando um penteado alto

    Além disso, tomografia computorizada mostrou que depois da morte dessas pessoas, suas múmias foram enterradas com artefatos que podiam ser úteis na vida após a morte, inclusive moedas.

    "Devido a esses sudários preciosos, temos certeza de que esses indivíduos eram membros de uma classe socioeconômica superior" por terem dinheiro para joias, ponderou Zesch.

    A análise da tomografia computadorizada revelou vários problemas de saúde, inclusive artrite sofrida pela mulher.

    Múmia Feminina: (A) Reconstrução de volume renderizado ilustra numerosos grânulos espalhados na região torácica; (B) reconstrução de intensidade máxima sagital mostra alguns dos grânulos perfurados em detalhes (setas)
    Múmia Feminina: (A) Reconstrução de volume renderizado ilustra numerosos grânulos espalhados na região torácica; (B) reconstrução de intensidade máxima sagital mostra alguns dos grânulos perfurados em detalhes (setas)
    "O exame dos indivíduos resultou que eles morreram bem jovens [...]. No entanto, a causa da morte dos indivíduos não poderia ser determinada", comentou Zesch em entrevista ao site Live Science.
    Jovem múmia feminina com cérebro encolhido e tronco cerebral preservado: (A) Reconstrução sagital multiplanar - (B) Reconstrução multiplanar coronal
    Jovem múmia feminina com cérebro encolhido e tronco cerebral preservado: (A) Reconstrução sagital multiplanar - (B) Reconstrução multiplanar coronal

    As múmias, depois de passarem por vários donos, acabaram nas Coleções de Arte de Dresden, na Alemanha, onde foram submetidas a raios-X no fim dos anos 80. No entanto, tomografia computadorizada revelou muito mais sobre o interior das múmias.

    Fragmentos das múmias de homem e de mulher, encontradas em Saqqara em 1615
    Fragmentos das múmias de homem e de mulher, encontradas em Saqqara em 1615

    Mais:

    FOTOS revelam 14 novos sarcófagos de 2.500 anos encontrados em necrópole do Egito
    Cientistas usam raios X para descobrir destino de múmias de animais do Egito (FOTOS)
    Arqueólogos descobrem túmulo de 5.000 anos com pessoas decapitadas na Sibéria Ocidental (FOTOS)
    Túmulo de mulher da Era Viking impressiona arqueólogos (FOTOS)
    Tags:
    joias, artefato, múmia, egiptologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar