08:27 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 92
    Nos siga no

    Após sete meses viajando sozinha, a Voyager 2 teve contato reestabelecido com a NASA. A comunicação foi interrompida enquanto reparos eram feitos na antena de rádio que é utilizada para controlar a sonda.

    Os operadores da missão enviaram uma série de comandos à sonda de 43 anos, usando a antena terrestre da Estação do Espaço Profundo 43 (DSS43, na sigla em inglês) que se encontra no Complexo de Comunicação Espacial de Camberra, na Austrália, de acordo com o comunicado oficial da NASA.

    DSS43 esteve desligada desde março deste ano, enquanto a NASA realizava uma série de atualizações de hardware, que foram testadas ao ser enviadas através de comandos à sonda.

    No entanto, devido à distância, a equipe terrestre teve que esperar mais de 34 horas pela resposta. Voyager 2 recebeu os comandos e respondeu mandando um "hello" ("olá"). A antena DSS43 estará ligada completamente em fevereiro de 2021.

    "Este teste de comunicação com Voyager 2 nos diz definitivamente que as coisas estão no caminho certo com o trabalho que estamos fazendo", comentou Brad Arnold, gerente de projetos da Rede de Espaço Profundo (DSN, na sigla em inglês) do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA.

    A sonda Voyager 2 começou a viagem em 1977 e está agora a uma distância de 18,6 bilhões de quilômetros da Terra. A nave espacial está tão ao sul que não tem uma linha de visão com antenas de rádio no Hemisfério Norte do nosso planeta.

    ​Nos últimos oito meses, a Estação do Espaço Profundo 43 tem passado por atualizações. Voyager 2 da NASA estava nos esperando para que fôssemos capazes de mandar comandos mais uma vez. Na sexta-feira, 30 de outubro, mandamos comandos e depois de 34 horas e 48 minutos de ida e volta recebemos um "olá"!

    A Antena DSS43 na Austrália é a única tecnologia no nosso planeta com um transmissor suficientemente poderoso para alcançar essa distância, e está recebendo os dados científicos sobre o espaço interstelar da sonda.

    Mais:

    NASA compartilha IMAGEM mostrando como seriam erupções vulcânicas em Vênus
    Impacto vulcânico direto em lua de Júpiter é mostrado pela 1ª vez
    Astrônomos descobrem na atmosfera de Titã molécula nunca antes encontrada no Universo
    Motor nuclear projetado para NASA poderá transportar humanos para Marte em apenas 3 meses
    SpaceX declara que colônia em Marte não vai seguir leis da Terra
    Tags:
    Austrália, sonda, espaço, NASA, eua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar