02:19 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 80
    Nos siga no

    Durante escavações na Ilha de Lofoten, arqueólogos descobriram um túmulo com um esqueleto em notável estado. Ao lado do esqueleto, um machado "estranhamente posicionado" chamou a atenção dos arqueólogos.

    Em agosto, escavações realizadas em uma fazenda na Ilha de Lofoten, na Noruega, por arqueólogos noruegueses chamaram a atenção pela descoberta de um fêmur de quase meio metro e um osso de quadril humano em perfeito estado. Agora, os arqueólogos fizeram escavações na mesma área e chegaram, literalmente, ao fundo da questão – e ao túmulo. A notícia foi publicada no site Life in Norway.

    De acordo com os arqueólogos, o túmulo remonta aos tempos pré-cristãos, provavelmente por volta dos anos 700 a.C. Nesse período, era comum que pessoas fossem enterradas nas fazendas onde moravam. O esqueleto foi encontrado em posição fetal, com um braço puxado para cima em direção à cabeça e o outro com o punho fechado. O corpo está no que eles chamam de "in situ", ou seja, quando a pessoa foi originalmente colocada na sepultura.

    "A parte superior do corpo não foi perturbada pelo nivelamento do solo ou por outra atividade humana. É absolutamente incrível!", disse a arqueóloga e gerente do projeto Anja Roth Niemi, do Museu da Universidade do Ártico na Noruega.

    A arqueóloga contou à emissora NRK que partes da sepultura estão incrivelmente bem preservadas, o que é surpreendente, dado o trabalho que foi feito na área durante os anos de 1950 a 1960.

    Arqueólogos descobrem tumba "incrível" da Idade do Ferro em Lofoten - vida na Noruega

    Os arqueólogos não sabem dizer se o esqueleto pertenceu a um homem ou a uma mulher, no entanto, segundo Niemi, eles têm motivos para acreditar que seja de um homem.

    Machado 'estranhamente posicionado'

    Próximo ao esqueleto foi encontrado um machado que não se sabe ainda se está somente próximo ao corpo ou se preso à mandíbula do suposto homem.

    "A pessoa claramente não é uma das que mais se destacam na sociedade, porque ela não tem achados magníficos, decoração, grandes armas ou coisas assim. Até agora, parece que ele tem um machado com ele, e não muito mais do que isso", diz Niemi.

    De acordo com a arqueóloga, o machado está "estranhamente posicionado":

    "No momento, estamos tentando descobrir se aquele machado está preso à mandíbula inferior ou próximo a ele, então é bem emocionante."

     

    Mais:

    'Descoberta da década': milhares de esqueletos da Era Viking são encontrados na Suécia (FOTO)
    Esqueleto da Idade de Ouro Islâmica é encontrado em tumba no Irã (FOTO)
    Esqueleto milenar com ponta de lança nas costas é descoberto no Irã (FOTO)
    Tags:
    arqueólogo, arqueologia, Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar