02:12 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 135
    Nos siga no

    O ninho de insetos invasores foi localizado após capturar uma vespa viva e equipá-la com um dispositivo de rastreamento.

    O Departamento de Agricultura do Estado de Washington (WSDA, na sigla em inglês) anunciou na semana passada a destruição com êxito do primeiro ninho de vespas "assassinas" localizado nos EUA.

    A operação foi realizada com a ajuda de especialistas do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) e com o uso de um método "de vanguarda" comunicado em 29 de outubro.

    O WSDA planejava capturar uma vespa viva e nela colocar um dispositivo de sinais de rádio, liberar o inseto e, desta forma, rastrear o ninho, porém "enfrentou muitos obstáculos", como dificuldades ao tentar instalar o dispositivo sem ferir o inseto, assim como assegurar um sinal forte o bastante e que a bateria tivesse longa duração.

    Estes problemas foram resolvidos graças à cooperação com especialistas do Serviço de Inspeção Sanitária de Animais e Plantas do USDA, que previamente usaram essa mesma técnica para rastrear os movimentos de moscas.

    Especialistas do Departamento de Agricultura do Estado de Washington (WSDA, na sigla em inglês) envolvem árvore com plástico para aspirar vespas
    © AP Photo / Elaine Thompson
    Especialistas do Departamento de Agricultura do Estado de Washington (WSDA, na sigla em inglês) envolvem árvore com plástico para aspirar vespas

    O método permitiu localizar o ninho em uma árvore morta perto da localidade de Blaine. Dois dias depois, o entomologista-gerente do WSDA, Sven-Erik Spichiger, e sua equipe com um especialista do USDA "fecharam o ninho com espuma, envolveram a árvore em plástico e aspiraram as vespas". Para completar a erradicação, injetaram dióxido de carbono na árvore para matar qualquer vespa gigante restante", detalha o comunicado.

    "Estou bastante confiante de que enquanto pudermos obter vespas vivas, poderemos segui-las de volta, e isto, de fato, nos dá uma grande ferramenta no programa de erradicação geral", afirmou Spichiger. A destruição com sucesso do ninho não colocou fim à operação e os especialistas buscam agora outros ninhos semelhantes que possam existir no estado.

    Com uma envergadura de sete centímetros e um potente ferrão venenoso, a vespa gigante asiática é a maior espécie do tipo no mundo. Vários destes insetos podem devastar uma colmeia inteira de abelhas em questão de horas, decapitando centenas de abelhas antes de tomar a colmeia como própria.

    Nos EUA, a vespa gigante asiática é considerada uma praga invasora e, se conseguir se estabelecer no estado norte-americano, o WSDA adverte que vão ocorrer grandes "impactos negativos no meio ambiente, na economia e na saúde pública".

    Mais:

    Venenosa vespa asiática mata apicultor na Espanha
    Louva-a-deus versus 'vespa assassina': insetos lutam pela sobrevivência (VÍDEO)
    Gigante 'vespa assassina' mata rato em menos de 1 minuto com veneno poderoso (VÍDEO)
    Tags:
    ciência, abelhas, Estados Unidos, praga, inseto, vespa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar