02:03 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    390
    Nos siga no

    Asteroide que está vindo em direção à Terra atraiu atenção de astrônomos ainda em 2018, sendo adicionado à lista de asteroides que estão perto da Terra e cujas órbitas cruzam a de nosso planeta.

    Famoso astrofísico Neil deGrasse Tyson publicou a foto da rocha espacial gigante, chamada 2018VP1, detalhando que o asteroide está se aproximando da Terra a uma velocidade estimada de mais de 40 mil quilômetros por hora. Mas "não é suficientemente grande para causar dano", adicionou.

    "Então, se o mundo acabar em 2020, a culpa não vai ser do Universo", comentou o astrofísico.

    ​Asteroide 2018VP1, rocha espacial do tamanho de uma geladeira, está se aproximando de nós a mais de 25.000 milhas por hora (40.233 quilômetros por hora).

    Pode colidir com a Terra em 2 de novembro, um dia antes da eleição presidencial.

    Mas não é suficientemente grande para causar dano. Então, se o mundo acabar, a culpa não vai ser do Universo.

    A NASA afirma que o asteroide 2018VP1 é muito pequeno, tendo cerca de dois metros de diâmetro, e "não representa uma ameaça". Há apenas 0,41% de chance de entrada do corpo celeste na atmosfera terrestre. Se o 2018VP1 entrar na atmosfera, vai se desintegrar devido ao pequeno tamanho, declarou a NASA.

    ​Asteroide 2018VP1 é muito pequeno, tendo aproximadamente 6,5 pés (quase dois metros), e não representa ameaça para a Terra! Ele atualmente tem 0,41% de chance de entrar na atmosfera de nosso planeta, mas se fizer, deve se desintegrar devido ao pequeno tamanho.

    O objeto foi descoberto em 3 de novembro de 2018 pelo Observatório Palomar, Califórnia, e os cientistas o colocaram na lista de asteroides Apolo, grupo de asteroides que estão perto da Terra e cujas órbitas cruzam a de nosso planeta. Tem o período orbital de dois anos e atualmente está regressando em direção à Terra.

    Mais:

    Asteroide passa mais próximo do que a Lua da Terra, enquanto outros 3 se aproximam
    Cientistas criam 1º supercondutor à temperatura recorde que permite eliminar baterias (FOTO)
    Estrela supergigante vermelha Betelgeuse é menor e está mais próxima da Terra
    Portugal investe em missão da Agência Espacial Europeia para desviar asteroides da Terra
    Tags:
    NASA, NASA, asteroide, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar