15:43 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Mundo enfrenta COVID-19 em meados de outubro (78)
    0 32
    Nos siga no

    "O sistema imunológico reagiu com um pequeno nível de anticorpos e depois de um ou dois meses já não havia nenhum traço desses anticorpos", afirmou acadêmico russo.

    Entre 15% e 20% dos pacientes infectados pelo novo coronavírus perdem os anticorpos da COVID-19 em questão de meses após terem se curado. A informação foi confirmada neste domingo (18) por Areg Totolyan, membro da Academia Russa de Ciências e diretor do Instituto de Pesquisa Pasteur de Epidemiologia e Microbiologia de São Petersburgo, Rússia.

    "Entre 15% e 20% daqueles que se recuperaram [da COVID-19] perdem seus anticorpos. O sistema imunológico reagiu com um pequeno nível de anticorpos mas, depois de um ou dois meses, já não havia traço desses anticorpos", afirmou o acadêmico em um programa da emissora Rossiya 1.

    Também esta semana, um estudo de pesquisadores da Universidade de Arizona, EUA, publicado pela revista científica Immunity, afirma que indivíduos infectados pela COVID-19 produzem anticorpos de "alta qualidade" contra o SARS-CoV-2 por cinco a sete meses após obter a doença.

    As autoridades de saúde russas confirmaram neste domingo (18) 15.099 novos casos de SARS-CoV-2 e 185 mortes em decorrência da COVID-19 nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, a Rússia já contabiliza um total de 1,39 milhão de casos positivos e 24.187 mortes.

    Tema:
    Mundo enfrenta COVID-19 em meados de outubro (78)

    Mais:

    Estados Unidos têm 8 milhões de infectados por COVID-19
    Estudo encontra fortes indícios de que esgoto de banheiro espalhou surto de COVID-19
    Brasil tem menor média móvel de mortes pela COVID-19 desde maio
    Sete meses após ter contraído COVID-19, portuguesa segue sem paladar e olfato
    Tags:
    Rússia, novo coronavírus, COVID-19, anticorpos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar