15:30 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    214
    Nos siga no

    Contrato faz parte do fundo de US$ 370 milhões (R$ 2 bilhões) do programa Artemis, que buscará levar humanos à Lua em 2024 e construir uma "presença sustentável" no polo sul do satélite natural da Terra.

    A agência espacial norte-americana NASA anunciou nesta semana que concedeu à subsidiária americana da Nokia, gigante em telecomunicações da Finlândia, US$ 14,1 milhões (R$ 79,6 milhões) para implantar uma rede 4G/LTE na Lua.

    A ideia é que, quando concluído, o sistema possa "suportar comunicações da superfície lunar em distâncias maiores, velocidades aumentadas e fornecer mais confiabilidade do que os padrões atuais […] [Será] o primeiro sistema de comunicação 4G/LTE no espaço", afirma em comunicado a NASA.

    Embora não haja detalhes públicos sobre o cronograma do projeto, essa iniciativa faz parte do objetivo que a NASA tem de ter uma base lunar até 2028. Além da Nokia, o programa Artemis fechou contrato com outras 13 empresas.

    Programa Artemis

    Entre os projetos agraciados pelo programa Artemis estão gerenciamento de fluidos criogênicos, sistemas de pouso e células de combustível para produção e armazenamento de energia. Grande parte dos US$ 370 milhões (R$ 2 bilhões) foi para empresas como a SpaceX e a United Launch Alliance.

    A NASA também está interessada na extração de recursos naturais da Lua. Esta semana, EUA, Austrália, Canadá, Itália, Japão, Luxemburgo, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido assinaram o Acordo Artemis, que visa a exploração e extração justas e sustentáveis de recursos da Lua.

    "Artemis será o maior e mais diverso programa internacional de exploração espacial humana da história, e os Acordos Artemis são o veículo que estabelecerá essa coalizão global única. Com a assinatura dos acordos, estamos nos unindo aos nossos parceiros para explorar a Lua e estabelecer princípios vitais que criarão um futuro seguro, pacífico e próspero no espaço que toda a humanidade possa desfrutar", disse Jim Bridenstine, administrador da NASA.

    Mais:

    FOTOS de momento fantástico em que foguete passa diante da Lua logo após lançamento
    Asteroide passa mais próximo do que a Lua da Terra, enquanto outros 3 se aproximam
    IMAGENS mostram Lua 'invertida' perfeitamente alinhada sobre Vênus
    Campo magnético dividido com Lua ajudou na evolução da vida na Terra, revela estudo
    Tags:
    Nokia, NASA, Internet, Lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar