08:39 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    Mundo enfrenta COVID-19 em meados de outubro (78)
    0 101
    Nos siga no

    A infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2 pode causar perda de audição súbita e irreversível.

    Cientistas britânicos descreveram o histórico clínico de um paciente de 45 anos de idade, que foi hospitalizado com sintomas da COVID-19, e dez dias depois foi transferido para UTI para ser ligado a ventilador pulmonar por dificuldades respiratórias. Depois de um mês, o paciente apresentou outras complicações, e foi medicado com Remdesivir e esteroides e recebeu transfusão de sangue.

    Depois de receber alta da UTI, o paciente começou a ouvir um zumbido no ouvido esquerdo e em poucos dias ficou surdo. Exames de seus canais auditivos não constataram qualquer bloqueio ou inflamação.

    Teste auditivo revelou perda de audição no ouvido esquerdo. O paciente foi tratado com comprimidos de esteroides e injeções, conseguindo recuperação parcial da audição, de acordo com Medical Press.

    Os médicos excluíram outras causas possíveis deste estado, incluindo artrite reumatoide, gripe e HIV, e concluíram que a perda de audição está ligada à COVID-19.

    Segundo os especialistas, trata-se da primeira vez em que se depararam com perda completa de audição em paciente com COVID-19 no território do Reino Unido. Há apenas quatro referências desta complicação em estudos científicos.

    Tema:
    Mundo enfrenta COVID-19 em meados de outubro (78)

    Mais:

    Para evitar 2ª onda de COVID-19, Reino Unido quer lockdown de 3 estágios
    Coronavírus é perigo ainda maior para o cérebro do que se pensava, dizem pesquisadores brasileiros
    Rússia registra 2ª vacina russa contra COVID-19, anuncia Putin
    Tags:
    pandemia, COVID-19, Reino Unido, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar