06:55 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    COVID-19 no mundo no início de outubro (66)
    270
    Nos siga no

    Nova pesquisa conduzida por pesquisadores de universidade alemã revela que o vírus da COVID-19 consegue acessar o sistema nervoso central dos pacientes.

    Um novo estudo analisou 43 cadáveres de várias idades que tiveram COVID-19 e os cientistas detectaram o SARS-CoV-2 no tecido cerebral em 53% desses pacientes. Esse resultado foi publicado na revista científica Lancet Neurology esta semana.

    "Mostramos que o vírus ganha acesso ao tronco cerebral e fomos capazes de identificar a presença de proteínas virais em estruturas como os nervos cranianos em alguns pacientes", afirma Markus Glatzel, coautor do estudo, ao portal MedPage Today.

    A equipe de pesquisadores da Universidade Medical Center Hamburg-Eppendorf, Alemanha, explica que a presença de SARS-CoV-2 não foi associada a alterações patológicas graves no cérebro.

    "Não vimos alterações neuropatológicas mais graves em pacientes com altas cargas virais em comparação com aqueles sem a presença de vírus, mas a reação imunológica ao vírus no cérebro, que começamos a definir neste estudo, está lá", comenta Glatzel.

    "Isso nos faz pensar que a reação neuroimune pode ser um fator-chave para explicar alguns dos sintomas neurológicos vistos em pacientes com COVID-19", acrescenta o pesquisador.

    A descoberta de que o novo coronavírus pode atingir o sistema nervoso central dos pacientes pode ajudar os médicos a entender as condições neurológicas que alguns pacientes com COVID-19 apresentam e talvez ajudá-los a tratar melhor a doença.

    A pesquisa analisou o tecido cerebral de pessoas que morreram em hospitais, lares de idosos ou em casa com COVID-19 de 13 de março a 24 de abril de 2020. Os pacientes tinham entre 51 e 94 anos. De acordo com a equipe de cientistas, este é o estudo mais abrangente com descobertas neuropatológicos em pacientes que morreram de COVID-19.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no início de outubro (66)

    Mais:

    Governador do Ceará testa positivo para COVID-19
    Casos moderados e graves de COVID-19 causam infertilidade em homens, diz estudo
    Portugal supera 1.000 casos de COVID-19 em um dia pela 1ª vez desde abril
    Cientistas italianos criam teste de olfato capaz de detectar COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar