18:52 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    150
    Nos siga no

    Os fósseis do dinossauro de aparência bizarra foram encontrados no deserto de Gobi, na Mongólia, e estavam impressionantemente bem conservados, afirmam os pesquisadores.

    Uma nova espécie de dinossauro, que tinha penas, era desdentada, contava com apenas dois dedos e se assemelhava a um papagaio gigante, foi descoberta por uma equipe de cientistas liderada pela Universidade de Edimburgo, Escócia. Os resultados foram publicados na revista científica Royal Society Open Science nesta terça-feira (7).

    Denominado Oksoko avarsan, essa nova espécie viveu mais de 68 milhões de anos atrás e teria cerca de dois metros de comprimento e um bico grande, semelhante ao tipo visto em papagaios hoje, e se alimentava de outros animais e também de plantas.

    Dinossauro desdentado e de dois dedos recém-descoberto indica para a disseminação de espécies semelhantes a papagaios

    Os pesquisadores encontraram múltiplos e completos esqueletos de Oksoko no deserto de Gobi, na Mongólia.

    "Oksoko avarsan é interessante porque os esqueletos são muito completos […]. A maneira como foram preservados descansando juntos mostra que os jovens perambulavam em grupos", afirma ao tabloide Daily Mail o paleontólogo Gregory Funston, autor principal do estudo da Universidade de Edimburgo.

    "Mas o mais importante é que sua mão com dois dedos nos levou a observar como a mão e o membro anterior mudaram ao longo da evolução dos oviraptores, o que não havia sido estudado antes. […]. Isso revelou algumas tendências inesperadas que são uma peça-chave no quebra-cabeça de por que os oviraptores eram tão diversos antes da extinção que matou os dinossauros", acrescentou o paleontólogo.

    Os pesquisadores estudaram ainda a redução no tamanho e a eventual perda de um terceiro dedo ao longo da história evolutiva dos oviraptores.

    De acordo com o estudo, os braços e as mãos das criaturas mudaram drasticamente em conjunto com as migrações para novas áreas geográficas, especificamente para o que hoje é a América do Norte e o deserto de Gobi.

    Mais:

    Fósseis encontrados na China revelam nova espécie de dinossauro (FOTOS)
    Extinção em massa na Terra há 233 milhões de anos contribuiu para ascensão dos dinossauros
    Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha (FOTOS)
    Descoberta de dentes de dinossauro prova que animal era verdadeiro 'monstro dos rios' (FOTOS)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar