15:13 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    111
    Nos siga no

    Especialistas da empresa Check Point encontraram vulnerabilidade na rede social Instagram que permite criminosos terem acesso a dados pessoais de usuários.

    Entre os dados disponíveis pela vulnerabilidade estão a localização geográfica, contatos telefônicos, dados da conta do usuário, arquivos guardados no smartphone e câmera.

    Segundo publicou a empresa Check Point, o criminoso acaba tendo através da falha o total controle sobre o aplicativo, podendo agir como se fosse o usuário-vítima.

    Desta forma, a falha permite que o aplicativo se torne uma ferramenta de espionagem sem que o usuário saiba.

    Apesar da periculosidade, o Facebook, responsável pela rede Instagram, já consertou o erro.

    Entendendo a falha

    Segundo a Check Point, o criminoso enviava um arquivo de imagem malicioso à vítima para seu e-mail, WhatsApp ou outro aplicativo usado por ela.

    Após salvar tal imagem em seu smartphone e depois acessar o aplicativo do Instagram, o usuário acabava abrindo uma porta que permitia o hacker iniciar um ataque.

    A vulnerabilidade em si se encontrava no codificador de JPEG Mozjpeg, o qual possui um código fonte aberto usado pelo Instagram para o carregamento de imagens no aplicativo.

    Ressaltando a ameaça da falha, os especialistas da Check Point sugeriram a atualização do aplicativo Instagram como uma medida de segurança, ao passo que os usuários devem pensar bem antes de autorizar acesso de aplicativos a certas funções de seus smartphones.

    "Pensem alguns segundos antes de autorizar [o acesso]. Pergunte a si mesmo se você realmente quer dar acesso a tal aplicativo a suas funções [do smartphone]", declararam os especialistas.

    Mais:

    Facebook bloqueará anúncios políticos na semana anterior às eleições dos EUA
    Sputnik e outras agências de notícias desaparecem de resultados de pesquisa do Twitter
    Ex-coelhinha da Playboy explica por que popularidade no Instagram é melhor do que no pornô
    Tags:
    hacker, Internet, espionagem, falha, rede social, Instagram
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar