07:43 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 402
    Nos siga no

    O suposto satélite ultrassecreto da China teria sido colocado em órbita no começo de setembro.

    O radioamador Dmitry Pashkov captou uma transmissão de dados de um objeto espacial secreto chinês posto em órbita em 4 de setembro, segundo publicou em sua página na Internet.

    O objeto – que seria, segundo vários especialistas, uma nave espacial secreta reutilizável – foi lançado pelo foguete Long March 2 desde o cosmódromo de Jiuquan, no norte da China.

    Os especialistas acreditam que o veículo em órbita é semelhante à espaçonave reutilizável norte-americana Boeing X-37B.

    Entretanto, antes de aterrissar a espaçonave liberou outro objeto.

    "Comecei a buscar sinais deste objeto em todas as bandas de frequência possíveis. E agora, sete dias depois, meu sistema de busca automática de sinais (durante o processamento de quatro terabytes de dados) me notificou sobre a detecção de dois sinais não identificados, que emanam de um objeto em duas órbitas de sobrevoo diferentes", explicou Pashkov.

    Mais tarde, descobriu a transmissão de dados na frequência de 2.280,000 MHz e largura de banda de 4.000 kHz. Segundo Pashkov, o sinal é "bastante estável, ainda que às vezes tenha forma intermitente".

    O entusiasta concluiu que a instalação secreta tem um sistema de estabilização e poderia ser um satélite.

    Mais:

    Satélite registra dezenas de raios dentro do furacão Laura no golfo do México (VÍDEO)
    FOTO de satélite mostra submarino chinês entrando em base subterrânea na ilha de Hainan, diz mídia
    China lança sua alternativa ao GPS, o sistema de navegação por satélite BeiDou-3
    Tags:
    espaço, China, satélite, rádio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar