06:18 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 220
    Nos siga no

    Foi estimado que o buraco tenha cinco quilômetros de diâmetro. O geofísico Jayson Meyers considera que estudar crateras assim ajuda a prever futuras quedas de meteoritos e asteroides.

    Geólogos encontraram um buraco gigante, com idade estimada em 100 milhões de anos, perto da cidade Ora Banda, no sudoeste da Austrália, informa o jornal The Guardian.

    Cratera de meteorito encontrada na Austrália
    Cratera de meteorito encontrada na Austrália

    A cratera foi estimada como tendo um diâmetro de cinco quilômetros, e foi encontrada em meio a uma perfuração em busca de ouro pela empresa de mineração australiana Evolution Mining, quando realizava estudos eletromagnéticos.

    "Esta descoberta foi feita em uma área onde a paisagem é muito plana. Você não saberia que estava lá porque a cratera se encheu ao longo do tempo geológico", relatou o geofísico Jayson Meyers.

    Meyers acredita que mais descobertas assim poderiam ajudar os cientistas.

    "Se pudermos entender mais da história geológica, podemos prever quando o próximo evento acontecerá, ou ver quando outro asteroide nocivo poderá nos atingir".

    "Provavelmente já fomos atingidos por mais asteroides do que pensávamos. Se começarmos a reconhecer mais destes, então o panorama começa a mudar, e temos que nos perguntar qual é a frequência e por que razão eles acontecem", acrescentou o especialista, estimando que o meteorito da Ora Banda tenha um diâmetro de entre 100 e 200 metros.

    Mais:

    Lago indiano criado por impacto de meteorito torna-se misteriosamente pink (FOTO, VÍDEO)
    Surge nova teoria sobre 'queda de meteorito' desprovida de pistas espaciais na Sibéria
    Misterioso meteorito teria sobrevivido a intempéries e à loucura humana
    Tags:
    The Guardian, Austrália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar