15:10 20 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 140
    Nos siga no

    A reconstrução do tamanho das partes do corpo do megalodonte é um passo fundamental para um melhor entendimento da fisiologia desse gigante e dos fatores que podem tê-lo tornado sujeito à extinção.

    As reais dimensões do tubarão pré-histórico megalodonte (otodus megalodon) foram reveladas por um estudo realizado pela Universidade de Bristol e pela Universidade de Swansea, ambas no Reino Unido, e publicado na quinta-feira (3) revista científica Scientific Reports.

    Os cientistas compararam fósseis do megalodonte com seis espécies de parentes ainda vivos e os resultados indicam que o tubarão pré-histórico tinha em média 16 metros de comprimento, uma cabeça redonda de 4,65 metros de comprimento, uma nadadeira dorsal de aproximadamente 1,62 metros de altura e uma cauda de 3,85 metros.

    Comparação entre um homem de 1,65m de altura e um megalodonte
    © Foto / Oliver E. Demuth
    Comparação entre um homem de 1,65m de altura e um megalodonte
    O megalodonte viveu entre três milhões e 23 milhões de anos atrás e tinha uma força de mordida de mais de dez toneladas. Hoje, o tubarão vivo mais temível é o grande tubarão-branco, com cerca de seis metros de comprimento e que morde com uma força de duas toneladas.

    Embora não se saiba exatamente o que desencadeou a extinção do megalodonte, alguns cientistas sugerem que o seu desaparecimento pode ter sido culpa de um rival mais jovem, exatamente o grande tubarão-branco, que apareceu pela primeira vez no registro fóssil há cerca de seis milhões de anos.

    Mais:

    Estudo descobre que vertebrado na Antártica hibernava há 250 milhões de anos (FOTO)
    Embrião que viveu há 80 milhões de anos revela detalhes do desenvolvimento dos dinossauros (FOTOS)
    Fóssil de árvore encontrado no Peru guarda segredos sobre clima de há 10 milhões de anos (FOTO)
    Mapa interativo da Terra mostra onde estava sua cidade natal há 750 milhões de anos (FOTO)
    Tags:
    mar, oceano, fósseis, tubarões, tubarão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar