23:40 30 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    370
    Nos siga no

    A Terra, de acordo com um novo estudo, pode ter estado extremamente saturada com água desde seu início, enquanto que a versão mais comum até agora era que os meteoritos trouxeram a água.

    Uma nova pesquisa, publicada na revista Science, sugere que a água na Terra pode ter vindo de materiais que estavam presentes no Sistema Solar no momento em que o planeta se formou, tornando possível que a Terra estivesse sempre úmida.

    Pesquisadores do Centro de Pesquisas Petrográficas e Geoquímicas, França, e da Universidade de Washington em St. Louis (WUSTL, na sigla em inglês), EUA, determinaram que um tipo de meteorito chamado condrito enstatita contém hidrogênio suficiente para fornecer pelo menos três vezes a quantidade de água contida nos oceanos da Terra, e provavelmente muito mais.

    Os condritos enstatitas são compostos inteiramente de material do Sistema Solar interno, essencialmente o mesmo material que formou originalmente a Terra, explicam os autores do estudo.

    Estes blocos de construção da Terra podem ter contribuído significativamente para a água da Terra. Os resultados deste estudo são surpreendentes por os blocos de construção da Terra serem frequentemente considerados secos, diz o artigo do Phys.org.

    Condução do estudo

    Os cientistas utilizaram duas técnicas analíticas, a espectrometria de massa convencional e a espectrometria de massa de íons secundários (SIMS, na sigla em inglês), para medir com precisão o conteúdo e a composição das quantidades de água em condritos enstatitas.

    "A parte mais interessante da descoberta para mim é que os condritos enstatitas, que se pensava serem quase 'secos', contêm uma abundância inesperadamente alta de água", disse um dos coautores da pesquisa, Lionel Vacher, um pesquisador pós-doutorado em física na WUSTL.

    Os condritos enstatitas têm isótopos de oxigênio, titânio e cálcio semelhantes aos da Terra, e este estudo mostrou que seus isótopos de hidrogênio e nitrogênio também são semelhantes aos da Terra.

    "Se os condritos enstatitas fossem efetivamente os blocos de construção de nosso planeta, como é fortemente sugerido por suas composições isotópicas semelhantes, este resultado implica que estes tipos de condritos forneceram à Terra água suficiente para explicar a origem da água da Terra, o que é magnífico", sugeriu Vacher.

    O trabalho também sugere que uma grande quantidade de nitrogênio atmosférico, o componente mais abundante da atmosfera da Terra, poderia ter vindo dos condritos enstatitas.

    Mais:

    Asteroides antigos ajudaram a criar vida na Terra, segundo estudo
    Perigosos e massivos, asteroides podem dar benefícios para a humanidade, segundo pesquisador
    Colisões massivas: saiba como os asteroides mudaram a história do planeta
    Asteroide Ryugu possui minerais com vestígios de água
    Tags:
    Phys.org, eua, Universidade de Washington, França, EUA, Sistema Solar, Science, Terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar